PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeitura de Paulínia adia pagamento de IPTU

A medida foi tomada para que a população tenha mais tranquilidade para organizar suas contas, devido a pandemia de coronavírus

O prefeito de Paulínia, Du Cazellato (PSDB), publicou quinta-feira (26) um decreto que adia o pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e de outras taxas municiais. A medida foi tomada para que a população tenha mais tranquilidade para organizar suas contas, no momento em que a economia para e os rendimentos tendem a cair. 

PUBLICIDADE

A medida entrou em vigor imediatamente. “Estamos trabalhando para que a população sofra o menos possível os impactos dessa pandemia. É importante para as famílias”, disse o secretário de Negócios da Receita, José Luis Braga. 

Fica prorrogado o prazo para o pagamento do IPTU do exercício de 2020 em cota única, cujo vencimento original se daria em 30 de março, para o dia 7 de dezembro. 

PUBLICIDADE

Nos casos de pagamento parcelados, os prazos para vencimento da primeira, da segunda, da terceira, da quarta e da quinta parcelas (que começariam no final de março), também mudam para 7 de dezembro. 

As demais parcelas (da sexta à décima, continua, com os vencimentos originais, já informados nos carnês. 

Para a mesma data, no final do ano, fica prorrogado o prazo para pagamento do ISS-Fixo, da Taxa de Licença, Localização e Funcionamento (TLLF) e da Taxa de Horário Extraordinário (THE), bem como da taxa para o exercício da atividade de ambulante 

O dia 7 de dezembro também é o novo vencimento das parcelas dos financiamentos ativos que venceriam entre os meses de março e julho. São recursos de programas como o Parcelamento Amigo e o Recred. 

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This