sábado, 25 maio 2024

Região: aglomeração fecha 40 locais

Quarenta locais, entre estabelecimentos comercias e chácaras onde aconteciam festas, foram fechados e pelos menos outros dez foram notificados pelas vigilâncias sanitárias das prefeituras da região. A reportagem pediu aos Executivos balanço da fiscalização de aglomeração desde a quinta-feira (31). Destaque para Sumaré, onde a Vigilância que fechou mais locais, e Nova Odessa, que multou dois estabelecimentos, além de Americana, que não teve notificações.

A Prefeitura de Americana respondeu em nota que, de acordo com a Vigilância Sanitária, “a fiscalização não teve nenhuma intercorrência durante o período, bem como nenhuma denúncia sobre festas clandestinas”.

A Prefeitura de Hortolândia informou que, durante o período da fase vermelha neste fim de ano, “não houve necessidade de lacrar ou multar estabelecimentos”. Porém, o Executivo relatou que “aproximadamente 10 estabelecimentos, de diversos segmentos, que estavam descumprindo o decreto, foram devidamente orientados e acataram a determinação, fechando os estabelecimentos”.

Em Nova Odessa, dois estabelecimentos foram multados pela Vigilância Sanitária por aglomerações. Segundo a Prefeitura, no Centro, fiscais autuaram uma casa de shows. A outra ação ocorreu no Jardim Marajoara, onde um estabelecimento foi multado pela organização de um show com grande concentração de pessoas. “O valor das multas chega a R$ 5 mil. Os proprietários podem recorrer”, informou o Executivo.

Em Santa Bárbara, no Natal e no Ano Novo, o setor de Fiscalização de Obras e Posturas e a Guarda Municipal registraram dez notificações a estabelecimentos comerciais e chácara, “que foram enviadas para a Vigilância Sanitária para análise e eventualmente adotar as medidas cabíveis de acordo com a legislação”, finaliza a nota da Prefeitura.

A Guarda Civil Municipal de Sumaré fiscalizou, durante os períodos da fase vermelha no fim do ano, 39 estabelecimentos, segundo nota do Executivo, “sendo que 28 deles tiveram que ser fechados por descumprimento às medidas restritivas determinadas pelo Governo do com o objetivo de conter a pandemia, como bares, chácaras e eventos com aglomeração”.

NÚMEROS

Segundo atualização da Fundação Seade, órgão estadual responsável pelos dados de coronavírus, o DRS (Departamento Regional de Saúde) Campinas, onde a região de Americana está incluída, está com 157.245 casos, sendo 4.238 mortes. Foram registradas 108 novas internações e a taxa de ocupação dos leitos de coronavírus de enfermaria é de 44,7% e de UTI de 67,9%.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também