sábado, 20 julho 2024

Prefeitura compra 92 vagas em creche por R$ 623 mil em Santa Bárbara d’Oeste

Contrato tem validade de 12 meses e aumentará o número de crianças atendidas no ano letivo de 2022  

Educação Infantil | Santa Bárbara não tem déficit de vagas para creche, diz prefeitura (Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação)

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste assinou contrato de R$ 623 mil com a Amev (Associação Assistencial para Melhoria de Vida), localizada no bairro Vista Alegre, para a abertura de 92 vagas destinadas a alunos da educação infantil do município.

A parceria foi tornada pública no último sábado (13), por meio do Diário Oficial do Município.

De acordo com o documento, o contrato, assinado entre a Secretaria de Educação e a associação, no último dia 5 deste mês, tem duração de 12 meses.

A Amev funciona na cidade desde 2004, atendendo crianças da região dos bairros Vista Alegre e Eldorado, e funciona no contraturno escolar.

Além da creche “Recanto da Criança”, voltada ao atendimento integral de crianças com até 5 anos e 11 meses, possui também projetos para fortalecimento de vínculos familiares e comunitários para adolescentes de até 15 anos.

Atualmente, a associação é responsável por mais de 100 estudantes.

De acordo com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, as vagas são para o próximo ano letivo.

Por meio de nota, a Secretaria de Educação afirma que a cidade não possui déficit de vagas na rede municipal e que o contrato é para ampliação do serviço.

No início deste semestre, Câmara de Vereadores aprovou a ampliação do “bolsa creche” – destinada à oferta de vagas na educação infantil – autorizando o Executivo firmar convênios com entidades filantrópicas e escolas particulares.

Na prática, crianças que não consegue vaga na rede pública de ensino são realocadas nessas instituições.

O número de bolsas passou de 1.400 para 1.900, como do planejamento da Secretaria de Educação para adequar a oferta.

Santa Bárbara gasta anualmente R$ 73, 1 milhões na educação infantil, sendo R$ 884,66 mensais por aluno.

“A propositura visa a atender à crescente demanda por vagas em creches municipais de Santa Bárbara d’Oeste, prevendo o aumento da contratação de vagas junto à rede de instituições privadas do Município”, afirmou, à época, o prefeito Rafael Piovezan (PV).

A última unidade de educação infantil inaugurada na cidade foi a creche Professor Claiton de Oliveira, em fevereiro deste ano, no bairro Dona Regina. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também