terça-feira, 27 fevereiro 2024

Pronto Socorro Edison Mano retoma atendimentos de urgência

Com queda nos números da Covid, Santa Bárbara d’Oeste altera esquema na unidade

EDISON MANO | Pronto-socorro retoma atendimentos de urgência a partir de sábado (Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação)

O PS (Pronto-Socorro) Edison Mano retomará os atendimentos públicos de urgência e emergência em geral no próximo sábado (11) em Santa Bárbara d’Oeste.

A medida, anunciada nesta segunda-feira, ocorre, segundo a prefeitura, em decorrência da “diminuição dos percentuais de internações em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), com respiradores e clínicos, verificada nas últimas semanas”.

Até a última atualização disponível no site da prefeitura, datada do dia 3 de setembro (sexta-feira), Santa Bárbara registrava ocupação de 54% dos leitos de UTI para Covid-19 .

O índice de ocupação de leitos hospitalares sem respiradores era de 9% e com respiradores, de 12%.

Desde o início da pandemia da Covid-19, para atendimento exclusivo de casos da doença, a cidde ampliou a rede pública de Saúde, passando a contar com 108 leitos (sendo 26 de UTI, 32 com respiradores e 50 leitos clínicos), distribuídos no Hospital Santa Bárbara, no Hospital de Campanha que foi montado e no PS Edison Mano.

Como parte desta estrutura, durante o período mais crítico da pandemia, o PS Edison Mano passou a atender única e exclusivamente casos relacionados à Covid-19.

“Com o avanço da vacinação e a diminuição dos percentuais de ocupação dos leitos de UTI, leitos com respiradores e clínicos, decidimos que o Pronto-Socorro ‘Edison Mano’ voltará a atender com segurança as demandas de urgência e emergência. Reforço que nossa estrutura ao enfrentamento da Covid-19 está mantida, com o Hospital de Campanha, Hospital Santa Bárbara e a ala de suporte no próprio pronto-socorro ‘Edison Mano'”, explicou o prefeito de Santa Bárbara, Rafael Piovezan.

Com essa nova reorganização, a parte superior do PS Edison Mano retomará os atendimentos de urgência e emergência, enquanto no piso inferior será mantida uma ala de suporte para atendimentos de sintomas gripais, desafogando o PS Afonso Ramos, que continuará atendendo casos urgência e emergência, além de toda a demanda de pediatria.

Caso seja necessário, os casos suspeitos de Covid-19 atendidos no PS Edison Mano, diz a prefeitura, serão direcionados para o Hospital de Campanha (casos leves e moderados) e Hospital Santa Bárbara (casos graves).

Já os atendimentos de urgência e emergência pediátrica permanecem sendo realizados no PS Afonso Ramos.

NÚMEROS
Ainda segundo a última atualização dos números da pandemia em Santa Bárbara, a cidade registra 23.276 casos confirmados de Covid-19 desde o início da crise sanitária, em março de 2020 – dos quais 22.317 superaram a doença. O número de óbitos é de 799. Mais de 75 mil casos suspeitos foram descartados após exames.

 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também