domingo, 19 maio 2024
NOVA FAIXA ETÁRIA

Secretaria de Saúde de São Paulo adotará ampliação do público-alvo para Qdenga

Segundo a pasta, os municípios serão orientados a oferecer as doses remanescentes do imunizante a mais pessoas
Por
Renato Pereira
Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo confirmou à TV TODODIA que a orientação da pasta para os municípios que receberam doses remanescentes do imunizante QDenga será para ampliação do público-alvo apto a tomar a vacina contra a dengue.

Segundo a secretaria, inicialmente, a ampliação da vacinação contra a dengue será para o público de 6 a 16 anos, e direcionada apenas para os municípios que possuem doses para vencer no dia 30 de abril.

“Caso necessário, esta estratégia pode ser ampliada para o público de 4 a 59 anos, conforme a disponibilidade de doses nos municípios”.

“O CVE enviará a nota técnica para o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Campinas, com a estratégia de vacinação contra a dengue nos municípios da sua área de abrangência, reforçando que a orientação é para utilização dos estoques com vencimento para o dia 30 deste mês”, afirma a pasta estadual

A nota técnica do Ministério da Saúde com as novas orientações foi publicada no final da noite desta quarta-feira (17).

“Considerando o conhecimento da existência de doses de vacina dengue com data de vencimento em dia 30 de abril de 2024, ainda nos estoques de alguns municípios, o Ministério da Saúde orientou o
remanejamento das doses internamente nos estados, possibilitando o seu uso. Oportunamente, mantém-se a recomendação de vacinação contra a dengue na faixa etária de 10 a 14 anos de idade. No entanto, se o município tiver doses de vacina dengue (atenuada) com vencimento em 30 de abril de 2024, em quantitativo que represente risco de perda física, essas doses poderão ser aplicadas em pessoas da faixa etária de 6 a 16 anos de idade. Em caso de necessidade, esta estratégia poderá ser ampliada até o limite etário especificado na bula da vacina dengue, que compreende dos 4 aos 59 anos 11 meses e 29 dias de idade, conforme a disponibilidade de doses no município com vencimento em 30 de abril de 2024″
, diz a nota do ministério, que garante a segunda dose para as pessoas vacinadas dentro do prazo de vacinação

Em Americana a vacinação segue nos mesmos moldes, ou seja, atendendo ao público-alvo com idade entre 10 e 11 anos. A nota em questão, segundo informou a Vigilância Epidemiológica, é voltada aos municípios que possuem lotes da vacina próximos do prazo de validade, as quais deverão ser estendidas para crianças com idade superior a seis anos.

Americana não possui lotes de vacina nessa condição, motivo pelo qual a determinação não se aplica ao município. Em relação ao quantitativo aplicado, foram 317 doses até o dia 17 de abril.

A TV TODODIA também entrou em contato com as secretarias municipais de Saúde de Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa e Hortolândia para saber se haverá ampliação nos municípios. Santa Bárbara informou que aguarda a notificação do GVE para definir a estratégia que será adotada. Nova Odessa e Hortolândia ainda não responderam.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também