quarta-feira, 19 junho 2024

Setor de Apreensão de Animais recebe câmeras de monitoramento

O equipamento tem alta resolução, em “Full HD” 

Foto: Divulgação

O Setor de Apreensão de Animais, da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, passa a ser monitorado por câmeras com tecnologia embarcada de intrusão. O equipamento tem alta resolução, em “Full hd”. Imagens em tempo real das dependências do setor, que fica no Horto Florestal, são redirecionadas para o Copi (Coordenadoria de Promoção da Integridade) da GCM, 24 horas por dia. O monitoramento é resultado de uma parceria entre a secretaria de Meio Ambiente e Agricultura e Segurança Pública e Defesa Civil.

A secretária de Meio Ambiente e Agricultura, Simone Zambuzi, explica que foi criada uma “barreira” de segurança. “O monitoramento por câmeras nos auxiliará a evitar furtos de animais, que em grande parte está sob tratamento veterinário, pois são vítimas de maus-tratos e abandono”, disse.

Conforme o secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Wagner Marchi, a vigilância permite resposta imediata. “Caso alguém transponha essa barreira de proteção, imediatamente o Copi recebe um alerta e aciona o Pelotão Ambiental e outras equipes da GCM”, diz. A medida visa coibir a retirada de animais de grande porte que estão sob tutela da municipalidade.

O setor apreende principalmente cavalos, quando o tutor não atende os critérios de bem-estar animal estabelecidos pela legislação. De acordo com o Código Municipal de Defesa dos Animais (Lei 6.260/19), os cavalos devem ser alojados e mantidos em locais apropriados. Além disso, não podem sofrer maus-tratos. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também