quinta-feira, 25 julho 2024

Sumaré é a terceira cidade em geração de emprego em outubro

No mês foram geradas 572 vagas, 2.612 admissões ante 2.040 demissões 

Segundo os dados Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), Sumaré obteve o terceiro melhor saldo em geração de emprego, comparado entre os 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Ao todo, foram geradas 572 vagas, 2.612 admissões ante 2.040 demissões.

O município é responsável por 11,7% dos empregos criados na região no período. Enquanto Holambra, que ficou em primeiro lugar, abriu 997 oportunidades, representando 20,5% dos postos de trabalho. E Valinhos em terceiro lugar com 639 vagas representa 13,1%.

O levantamento mostra que o setor de Serviço foi o responsável pelo maior número de contratações do mês, com 366 vagas abertas. Na sequência está Comércio, com 195 novos postos, seguido por Agropecuária, com 26 empregos gerados, e Construção, com 11 oportunidades.

Trabalhadores com idade entre 18 e 24 anos lideram quando considerada a faixa etária dos novos contratados. Ao todo, foram 235 admissões entre pessoas deste grupo. Outros 82 profissionais com idade entre 30 e 39 anos também começaram um novo emprego, assim como 69 com idades entre 25 e 29 anos, 68 de 40 a 49 anos, 65 com até 17 anos, 43 com idades que variam de 50 a 64 anos e 10 com mais de 65 anos.


“A retomada econômica pós-pandemia tem sido no sentido ascendente. Apenas no último mês, realizamos três mutirões para contratação de colaboradores que atuarão em novos empreendimentos do município, além da primeira edição do Feirão do Emprego, que reuniu 30 empresas oferecendo vagas e especialistas capacitando os candidatos para participarem de entrevistas e elaborar currículos”, comenta o prefeito, Luiz Dalben. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também