quinta-feira, 29 fevereiro 2024
PREVENÇÃO

Sumaré intensifica ações de combate e prevenção à febre maculosa

Durante a reunião, foi criado um plano de conscientização
Por
Redação
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Sumaré intensifica as ações de combate e prevenção à febre maculosa. Por orientação do prefeito Luiz Dalben, uma união de forças entre diversos setores da administração implantará um plano de prevenção e conscientização da doença, cuja relevância veio à tona após a confirmação de casos, os quais resultaram em óbitos, na cidade de Campinas. Não há registro de nenhum caso da doença em Sumaré.

No final da tarde de quarta-feira (14/06) uma reunião ordinária da comissão de saúde discutiu as medidas de prevenção e conscientização da população sobre os sinais e sintomas da febre maculosa. Durante a reunião, foi criado um plano de conscientização.

O secretário de saúde, Rafael Virginelli, ressaltou a importância das medidas preventivas para evitar a propagação da doença. “Vamos trabalhar tanto na prevenção, alertando a população sobre os locais com maior frequência do carrapato, quanto na detecção rápida dos sintomas da doença”, afirma o secretário.

Já o secretário de Governo, Odair Dias, destacou a responsabilidade compartilhada de todos, incluindo a população, no combate à febre maculosa. “Essa união de forças com certeza vai trazer resultados positivos na prevenção da doença e mais tranquilidade à população”, disse.

Devido às ações já realizadas, não há registro de nenhum caso da doença em Sumaré. A Prefeitura tem mantido um trabalho contínuo no combate a questões que possam colocar em risco a saúde da população.

Sumaré foi pioneira na criação de um comitê de combate ao COVID-19 no início da pandemia, demonstrando proatividade na proteção da população. Agora, essa mesma determinação está sendo empenhada no enfrentamento da febre maculosa.

ALERTA
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo alerta para que as pessoas que estiveram na Fazenda Santa Margarida, na região de Campinas, no período de 27 de maio à 11 de junho e apresentarem febre e dor pelo corpo, dor cabeça ou manchas avermelhadas pelo corpo, procure atendimento médico imediatamente e informe ao médico que esteve na região.

SOBRE A DOENÇA
A febre maculosa, também conhecida como doença do carrapato, é uma infecção febril de gravidade variável, com elevada taxa de letalidade. Causada por uma bactéria do gênero Rickettsia é transmitida pela picada do carrapato. Entre junho e novembro, a infestação ambiental por ninfas de carrapato estrela é alta (o ciclo de vida do carrapato inclui as seguintes fases: ovo – larva – ninfa e adulto).

Além da fazenda onde os eventos foram realizados, as regiões com maior frequência de casos são as de Campinas, Piracicaba, Assis e Sorocaba. O período de incubação da Febre Maculosa é de 2 a 14 dias. Portanto, é importante considerar exposições ocorridas nos últimos 15 dias antecedentes ao início de sintomas.

CUIDADOS
Embora a Febre Maculosa seja grave e com alta letalidade, é possível reduzir significativamente o risco de contrair a doença. Verificar com frequência se há algum carrapato preso ao seu corpo, usar roupas claras com manga longa, calça comprida e calçado fechado são algumas medidas efetivas para a proteção contra o carrapato transmissor.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também