segunda-feira, 22 julho 2024

Suposta tentativa de compra de voto vira B.O em Paulínia

Dois adolescentes, de 14 e 18 anos, registraram B.O (Boletim de Ocorrência) na Polícia Civil de Paulínia para denunciar uma suposta tentativa de compra de votos em favor da candidata a prefeita Nani Moura (MDB), esposa do ex-prefeito Edson Moura, e que no próximo domingo disputa com outros oito candidatos a prefeitura da cidade.

Os dois menores afirmam no B.O registrado sob o número 1775/2019 ter recebido a proposta de um vereador, durante visita à Biblioteca Virtual da cidade. Via assessoria de imprensa, Nani negou qualquer irregularidade ou envolvimento no caso.

O parlamentar denunciado teria oferecido R$ 50 aos dois adolescentes para participar da gravação de um vídeo de campanha da candidata.

Depois disso, ainda segundo os adolescentes, ele entregou mais R$ 100 e teria pedido voto para a candidata. A dupla entregou na Delegacia o dinheiro, supostamente pago pelo vereador, que foi apreendido pela polícia. Em nota, a assessoria de imprensa de Nani Moura disse que a denúncia é falsa.

“A candidata Nani Moura durante a quarta-feira (28) fez campanha normalmente, e desconhece qualquer postura supostamente inadequada praticada por terceiros. Diversas regiões de Paulínia foram visitadas por Nani. O comportamento da emedebista tem sido baseado na legalidade e transparência. As últimas acusações são reflexo de opositores desesperados e que são capazes de mentir e criar factóides com a finalidade de atrapalhar as eleições e impedir a reconstrução de Paulínia”, diz o texto da assessoria.

A candidata informou que registrou B.O por “denunciação caluniosa”. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 
Por Walter Duarte

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também