sábado, 20 julho 2024

Testes rápidos de HIV e Sífilis marcam início do Dezembro Vermelho

O resultado do exame é sigiloso e fica pronto em 30 minutos 

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Saúde, promove o “Dezembro Vermelho”, campanha de Prevenção a Infecções Sexualmente Transmissíveis. Para marcar o início da campanha, nesta quinta-feira (1º), Dia Mundial de Luta contra a Aids, haverá uma ação de testagem rápida de HIV e sífilis na praça Toledo Barros, no Centro. A iniciativa ocorre das 9h às 12h, e para participar, basta apresentar um documento de identificação com foto. O resultado do exame é sigiloso e fica pronto em 30 minutos. Além dessa atividade, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) irão desenvolver atividades de conscientização sobre o tema ao longo do mês. Em caso de chuva, a pasta informa que a ação será suspensa.

A ação de testagem na Toledo Barros será realizada pelo Serviço Especializado em Moléstias Infectocontagiosas de Limeira (Semil). Quem não puder comparecer na ação de testagem, tem a opção de agendar horário para atendimento diretamente no Semil. A unidade fica na Rua Sergipe, 906, na Vila Cláudia, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30. Os telefones de contato são: 3442-4796 e 3444-2020.

Atualmente, o Semil atende 1.100 pacientes com HIV/Aids. A gerente do serviço, Melissa Gachet Sugsh, informa que 24 casos novos foram diagnosticados neste ano, de janeiro a outubro, contra 46 ocorrências durante todo o ano de 2021. Segundo Melissa, o município não registrou nenhum caso de transmissão vertical do HIV (de mão para filho) em 2022, sendo que os casos referem-se a pessoas adultas (até 69 anos).

Além de HIV/Aids, o Semil oferece tratamento a pacientes com hepatites virais B e C, HPV, tuberculose, sífilis, entre outras doenças. A unidade conta com equipe multidisciplinar e atendimento diário, para coleta de exames, consultas, visitas domiciliares e hospitalares, busca ativa e palestras. Faz, ainda, a distribuição de medicamentos, insumos de prevenção e material educativo sobre o tema.

Desde 2020, o Semil dispõe de dois programas novos do Ministério da Saúde. Um deles é a Profilaxia Pós-Exposição Sexual (PEP), medida de prevenção de urgência, adotada em situações de risco de infecção pelo HIV. A PEP deve ser utilizada após qualquer evento que ofereça risco de contágio, como violência sexual, relação sexual desprotegida (sem o uso de camisinha ou com seu rompimento) ou acidente ocupacional (com instrumentos perfurocortantes ou contato direto com material biológico).

Mais recentemente, o Semil conta com a Profilaxia Pré-Exposição ao Vírus HIV (PrEP), método de prevenção à infecção pelo HIV, que consiste na ingestão diária de um comprimido que prepara o organismo para enfrentar um possível contato com o HIV. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também