PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Voluntários criam praça inclusiva em Americana

Playground com brinquedos especiais faz a alegria de crianças com dificuldades motoras

A união de voluntários para fazer o bem resultou em um parque com brinquedos inclusivos para que as crianças com algum tipo de deficiência motora, possam se divertir. A interação é o foco principal.

PUBLICIDADE

O espaço, inaugurado em fevereiro, fica no final da Rua Japão, no bairro Morada do Sol, em Americana, e foi construído pelas pessoas que fazem parte do projeto Vida Americana.

O playgroud é composto de gira-gira e balanço adaptado, onde é possível que uma criança cadeirante brinque sem sair da cadeira. Antes, essas crianças não tinham onde brincar.

PUBLICIDADE

As obras foram executadas com recursos arrecadados através de eventos e ações sociais do projeto que, atualmente, conta com a colaboração de 60 voluntários.

Além dos brinquedos, foi feito um tanque suspenso que permite que as crianças interajam com uma caixa de areia, semelhante a que existem em parques comuns.

PUBLICIDADE

O local também está ganhando um tirolesa adaptada e uma casinha na árvore, com rampa de acesso para cadeiras de rodas. A tirolesa está quase pronta, já foi usada, mas está aguardando uma cadeira própria.

O projeto prevê, ainda, um jardim sensorial para as pessoas com necessidades visuais.

Lilian Amâncio, a palhaça Lilica, é uma das voluntárias entusiastas. Ela conta que o grupo conseguiu reformar a praça, e transformá-la em um espaço inclusivo com atrações inéditas.

Para equipar a gleba, diga-se de passagem, não veio quase nada de recursos públicos. A Prefeitura, no caso, colaborou cedendo o espaço que é público.

“É muito legal ver os cadeirantes brincando com outras crianças que correm com as pernas, é emocionante ver o respeito que elas têm, a reciprocidade”, diz Lilica.

Para manter o playground, explica, as pessoas colaboram como podem, com o que podem, com o quanto podem. Neste final de semana, por exemplo, aconteceu a festa junina.

Toda a arrecadação vai para o grupo. “Às vezes, aparece um anjo e ajuda com dinheiro, mas não pedimos”, comentou.

Para o mês que vem, está programada uma feijoada, Em agosto, haverá uma corrida para os cadeirantes. Quem quiser colaborar com o projeto Vida Americana pode entrar em contato com Lilica Amâncio pelo telefone (19) 99581-4084 ou acessar a página do grupo no Facebook.

 

 

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This