segunda-feira, 26 fevereiro 2024

O inverno pede cuidado na alimentação

 Entrevista com a nutricionista Marcia Barbosa Rosalen, que também é proprietária do Dona Marô Culinária Saudável, em Americana

O inverno é a estação do ano em que costumamos abusar um pouquinho das comidas calóricas e dos doces, por necessidade do próprio corpo. Mas é preciso manter uma dieta saudável para não comprometer o peso e muito menos a saúde.

O Clube Gourmet conversou sobre este assunto com a nutricionista Marcia Barbosa Rosalen, que também é proprietária do Dona Marô Culinária Saudável, em Americana.

CLUBE GOURMET – Os dias mais frios de inverno provocam nas pessoas uma sensação maior de fome. É isso mesmo? Por que isso ocorre?

Marcia Barbosa Rosalen – Em dias mais frios, nosso corpo tenta se manter aquecido para continuar funcionando bem. Para isso, gasta mais energia do que o normal. A conclusão é que, para suprir essa necessidade energética, comemos mais.

Além de manter uma rotina de exercícios físicos, a dieta diária deve ser alterada nesta época? Por que?

A necessidade calórica de cada pessoa não costuma ser tão alta quanto a quantidade de alimentos ingerida no inverno. Somado a isso, é no inverno que as pessoas costumam abandonar a prática de atividades físicas e as comidas calóricas são ainda mais tentadoras. Mas o consumo exagerado pode resultar em aumento de peso e, em casos extremos, diabetes descompensado e colesterol alto. Para que as pessoas não aumentem o peso nem comprometam a saúde nesta época, alguns alimentos são mais indicados. Adaptações das preparações mais consumidas no clima frio, como sopas, carnes, chás e fondues também podem ajudar.

A hidratação também é importante? Por que?

Para andar, trabalhar, dormir e até respirar, o organismo gasta mais energia no inverno, porque, ao mesmo tempo em que as estamos desempenhando essas funções, o corpo também está se protegendo do frio, se autoaquecendo. A perda de água, portanto, é maior, ao contrário do que se imagina. Beber em torno de 2 litros de água por dia é essencial para evitar que o corpo adoeça por desidratação. Tonturas e náuseas são sinais de que pode estar faltando hidratação.

Qual sua sugestão para nos alimentarmos bem e não sentirmos fome, desde a manhã até à noite?

O inverno é uma boa época para investir em carboidratos de baixo índice glicêmico, como as batatas doce e baroa, além de brócolis, berinjela, alface, tomate e lentilha. Por conta do frio, muitas pessoas acabam deixando de lado os legumes, verduras e frutas, o que é um grande erro. Maçã, abacate, cereja, ameixa, morango e pera são frutos que devem ser consumidos sempre que possível, pois além do baixo índice glicêmico, têm fibras que ajudam a dar saciedade. Evitar alimentos que contenham farinha de trigo, doces e também restringir o carboidrato à noite é muito importante para a perda de medidas, principalmente circunferência abdominal.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também