PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A incrível história do linho

Imagine que a fibra utilizada até os dias de hoje foi descoberta nada menos que há 36.000 anos a.C.

É um tecido de origem vegetal e o mais antigo da história da humanidade. Imagine que a fibra utilizada até os dias de hoje foi descoberta nada menos que há 36.000 anos a.C. (antes de Cristo) e essa descoberta é recente, através de registros históricos que detectaram o seu uso até em bases de construções de moradias pré-históricas.

PUBLICIDADE

Antes do algodão, o linho era a principal alternativa e daí a sua tremenda importância na história.

As hastes das plantas de linho davam origem às tramas que compunham os tecidos.

PUBLICIDADE

Sua utilidade ao longo de sua existência vai desde o pano para velas de embarcações, cordas e até redes de pesca.

Sua durabilidade impressionante é o que garante o acompanhamento de todo esse registro. Sua fibra é a única que é mais resistente molhada do que seca.

PUBLICIDADE

Os egípcios valorizavam muito o uso linho. As plantas cresciam às margens do Nilo.

Eles geraram grandes fortunas comercializando os tecidos com aplicações até em bandagens para mumificação.

Era tanta diferenciação que até os monarcas possuíam uma tiragem diferenciada e tão fina que era necessário o auxílio de lupas para sua identificação. O Santo Sudário é de linho.

Nos dias de hoje e na decoração, o linho é considerado um artigo de alto luxo, não só pela beleza, mas por características nobres que transmitem elegância e conforto.

Adicione o fato de serem antibacterianos, repelem fungos e são antialérgicos. Seca rapidamente e cada lavagem o tecido fica mais bonito. Incrível!

Fale com o seu profissional de decoração e saiba mais sobre essa maravilha histórica.

 

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
Por Meneghel Decorações
Toda semana um conteúdo novo sobre decoração.
Acesse nosso blog www.menegheldecorações.com.br/blog

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This