PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Páscoa, pet e chocolate

Tome cuidado: o chocolate pode ser letal aos cães, pois nele se encontra uma substância chamada teobromina

Você sabia que o número de consulta ao Centro de Envenenamento Animal aumenta no período que compreende à Páscoa?

PUBLICIDADE

Pois é. A carinha de pidão dos nossos amigos peludos não deve nos influenciar, mas mesmo sabendo da improbidade dessa ação, há ainda a chance de uma criança cair na tentação de oferecer chocolate ao pet.

E como evitar isso?

PUBLICIDADE

Em outro artigo já mencionamos que o chocolate pode ser letal aos cães, pois nele se encontra uma substância chamada teobromina.

Ela afeta o sistema nervoso central do animal, o músculo do coração e aumenta o volume de urina. E tudo isso pode matá-lo.

PUBLICIDADE

Reúna todos os familiares e explique a situação. Acompanhe de perto as crianças para que elas, até por distração, deixem o chocolate ao alcance do pet. Evitar é muito melhor que remediar.

E se, por ventura, você desconfiar que o seu cão consumiu chocolate como fazer para ter certeza?

Um dos sintomas é que nas primeiras horas após o consumo, ele pode começar a ficar mais ativo, vomitar e ter diarreia.

Existe uma quantidade de chocolate que o seu pet pode consumir?

Vamos responder com outra pergunta: Por que arriscar?

Curta a Páscoa com a família, mantenha a tradição dos ovos de chocolate e adote a conduta de não oferecer chocolate para o seu amigo peludo!

 

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This