quarta-feira, 24 julho 2024

Americana tem programação gratuita de aniversário

Atrações começam nesta quinta-feira (25), com ópera no Teatro Municipal; no sábado (27), o destaque é o show do sambista Dudu Nobre

Americana terá uma programação especial e gratuita para comemorar seus 147 anos. As atrações começam nesta quinta-feira (25), com ópera no Teatro Municipal Lulu Benencase. No sábado (27), dia do aniversário, o destaque é o show do sambista Dudu Nobre.

O prefeito Chico Sardelli ressaltou seu orgulho em comemorar a data. “Americana é minha terra natal e tenho muito amor e carinho por nossa cidade. Preparamos uma programação diversificada para que as famílias celebrem especial esse momento conosco”, declarou.

A secretária de Cultura e Turismo, Márcia Gonzaga Faria, destacou a riqueza das manifestações culturais programadas pela pasta. “Teremos três grandes eventos, com rap, teatro, circo, ópera, dança e literatura. Tem cultura para todos os gostos e idades”, garantiu.

A ópera Pagliacci de Ruggero Leoncavallo abre a programação na quinta (25), às 20h, no Teatro Municipal Lulu Benencase. A atividade integra o projeto “A Caminho do Interior”, realizado pelo Istituto Italiano di Cultura di San Paolo e o Consulado Geral da Itália.

A entrada é gratuita e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro, até o dia do evento, das 9h às 12h e das 13h às 17h. É importante chegar ao local com 30 minutos de antecedência. O Teatro Municipal Lulu Benencase fica na Rua Gonçalves Dias, 696, Jardim Girassol.

A ópera mostra a trágica história de um triângulo amoroso. A trama começa quando uma companhia de circo chega a uma aldeia e o palhaço principal anuncia o espetáculo. Sua mulher é a estrela do show e ele avisa o público de que, na peça, ela pode ser cortejada – mas que, na vida real, a situação seria diferente.

A Praça Comendador Müller, no Centro, recebe o Circuito SESC de Artes na sexta-feira (26) partir das 16h. O destaque da programação é o show da cantora e compositora paulistana Drik Barbosa, que apresenta faixas de seu disco de estreia, com músicas que vão do rap ao pop, passando pelo funk, R&B e pagode.

A programação da sexta-feira inclui um ateliê de criação de fanzines denominado de “Grafiqueta Zine”, e comandado pelo grupo paulistano Ateliê Libélula & Sarau Comics, com o objetivo de apresentar uma nova forma de comunicação social e expressão artística.

Quem gosta de arte circense vai se divertir com os cariocas do Circo Dux e o espetáculo “Mix Dux”. Palito e Lucas vão desafiar as leis humanas jogando facas, torcendo corpos e fazendo música com objetos inusitados, em um verdadeiro show de acrobacia, malabarismo e ilusionismo.

“Quando Eu Morrer Vou Contar Tudo a Deus” é o nome da peça teatral encenada pelo grupo O Bonde. Eles vão apresentar a história do menino africano Abou, encontrado em uma mala tentando entrar no continente europeu. O espetáculo é baseado em uma história real e encenado ao som de tambores e violão.

Os mineiros do grupo Behoppers apresentam o estilo de dança batizado de Lindy Hop. A modalidade nascida nos anos 20 nos Estados Unidos une breakaway, charleston e sapateado e quem quiser pode dançar e se divertir durante uma aula aberta logo após a apresentação.

No campo da literatura, o coletivo paulistano Brotando em Mim apresenta “Histórias para guardar na memória”, com uma seleção diversa de livros indicados para bebês, crianças e adultos.

O sambista Dudu Nobre encerra a programação gratuita de aniversário de Americana com show na Praça Comendador Müller, no sábado, dia 27, às 19h. Uma praça de alimentação será montada no local para o conforto dos frequentadores.

A agenda de atrações começa às 14h com shows de artistas da região: DJ Pirulito, Isabela Siqueira (sertanejo), Yago Rocha (sertanejo), Grupo Badauê (samba), Pagode do Renan e New Samba (samba e pagode).

Dudu Nobre, compositor de obras eternizadas na voz de seu padrinho Zeca Pagodinho, promete animar ainda mais o aniversário de Americana com músicas como “Tempo de Dom-Dom”; “Goiabada Cascão”; “A Grande Família”; “Posso Até Me Apaixonar”; “No Mexe Mexe”; “No Bole Bole”; “Vou Botar Teu Nome Na Macumba”; “Camarão que Dorme a Onda Leva”; entre outros sucessos.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também