PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Biblioteca de Santa Bárbara vai abrigar Centro de Memória

Prédio de 72 anos está sendo revitalizado e uma farta documentação será colocada à disposição dos barbarenses

Santa Bárbara d’Oeste deve ganhar, ainda no primeiro semestre deste ano, um dos mais modernos Centros de Memória da região, que tornará a cidade em referência na preservação de documentos históricos.

PUBLICIDADE

Uma farta documentação será colocada à disposição dos barbarenses em um prédio histórico, com 72 anos, que está sendo revitalizado. Será a união do antigo com o moderno.

As reformas estão em andamento no antigo prédio da Biblioteca Municipal Profª Maria Aparecida de Almeida Nogueira, na confluência das ruas João Lino, Dona Margarida e 15 de Novembro.

PUBLICIDADE

A fachada original desse prédio é de 1940. Mas a inauguração ocorreu em 15 de junho de 1968.

Dois fatores contribuíram para que o antigo prédio, que já abrigou a Câmara, passasse por este processo de restauro e modernização. Um foi a mudança da Biblioteca para o novo prédio construído, na praça central.

Outro foi a Construtora Sega, que investirá na obra, como compensação pelo impacto gerado por um empreendimento habitacional. É uma obra 100% doada ao município.

“O prefeito Denis Andia vai entregar um marco para a cidade, porque nós vamos ter, de fato, a consolidação de um espaço de atendimento ao turista”, afirmou o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Félix.

O secretário explicou que a cidade precisava de um espaço para acomodar com qualidade a história e a economia criativa. E, de quebra, que tivesse a cara do município, que mostrasse seu desenvolvimento e privilegiasse a realização de eventos na região central.

MODERNIZAÇÃO

O projeto segue especificações técnicas para conservação do material histórico em arquivos deslizantes, com capacidade para abrigar todo o acervo documental da trajetória de mais de 20 anos, como ata da Câmara, fotografias da imigração, entre outras.

E ainda terá capacidade para ampliação de mais 40% do acervo. Neste prédio de arquitetura marcante ficará todo o arquivo tridimensional, desde projetor do Cine Santa Rosa até utensílios antigos de médicos e mobiliário de residências de imigrantes.

O restauro da antiga Biblioteca foi aprovado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santa Bárbara e os traços originais do prédio serão mantidos. Todas as janelas serão substituídas por réplicas em madeira semelhantes às originais.

No interior, os modernos pisos de vinílico e a iluminação especial por LED – estrategicamente posicionada no teto – vão valorizar todo o acervo quando estiver em exposição.

A tendência é que se transforme em um espaço para pesquisa e um ponto cultural, pois abrigará eventos como saraus, exposições e mostras artísticas. Na recepção ficará o Centro de Atenção ao Turista. Em anexo, no fundo, a Casa do Artesão.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This