quinta-feira, 25 julho 2024

‘Boneca’ à holandesa

O curta metragem “Boneca”, dirigido por Flávio Carnielli, foi um dos filmes selecionado para a 9ª edição do BUT Film Festival, começa hoje (28) e vai até o dia 1º de setembro na cidade de Breda, na Holanda.

O festival é considerado um dos mais importantes do mundo na exibição de filmes alternativos, entre os gêneros “b-movie”, “underground” e “trash”, que possuem grande aceitação em países da Europa e nos Estados Unidos, mas ainda têm pouco reconhecimento no Brasil.

Esta é a 6ª seleção do curta, que foi exibido também em festivais no Paraná, São Paulo e no Canadá, sendo parte do festival “Cabane à Sang”.

PRODUÇÃO

O filme “Boneca” foi produzido de forma totalmente independente, contando com apoio de empresários da região e sem qualquer auxílio governamental. Trabalhando todos sem o recebimento de cachê, participaram os artistas da RMC (Região Metropolitana de Campinas), como Helen Quintans, nas funções de diretora de arte e figurinista, e atores, como Sérgio Vergílio, Natália Mariotto, Andre Luiz e o protagonista Hélcio Henriques, além da atriz paulistana Marília Viana.

Flávio Carnielli, que também assina o roteiro da produção, já está na Holanda para participar do festival. Ele aproveitou a antiga vontade de viajar até a Europa e, junto da esposa, foi para o festival como uma das paradas da viagem.
Ele conta que a ideia do curta foi inspirada em contar “a lenda das bonecas da deep web”. “Era para soar algo como que não fosse possível fazer isso fisiologicamente, mas se fosse possível, como seria a relação do vendedor dessas bonecas, do criador e da criatura?”

Flávio se empolga ao falar do festival, pois o curta foi selecionado entre mais de 2.000 outros filmes inscritos, além de ser um dos mais importantes da categoria. “Eu fiz a inscrição e, além dele passar, tem outros filmes nacionais, mas o nosso foi para a final, está entre os 5 melhores”, relata. “Eu inclusive nem sabia disso. Me disseram que o filme estava na final, mas achei que era uma coisa genérica, mas não é.”

Por conta disso, “Boneca” será exibido no BUT Film Festival na sexta (30), sábado (31) e domingo (01/09), sendo a terceira exibição realizada na final.

Apesar das dificuldades na captação, especialmente em comparação com a estrutura disponível nas produções europeias, ele credita o enredo com ponto alto que colocou o filme em posição de destaque na final, juntamente com produções da Espanha, Estados Unidos, França e Inglaterra.

Na intenção de valorizar o trabalho de cada artista que se dedicou a produção, ele é contundente em diferenciar filmes de baixo orçamento com o filme que não tem custos. “Todo mundo está doando sua força de trabalho. Custou, está todo mundo doando seu cachê. Fizemos tudo com uma câmera só, o que é comum em cinema independente”.

SINOPSE

O filme conta a história de Gregório (Hélcio Henriques), um médico que transforma mulheres em bonecas vivas e seu duelo psicológico com uma de suas vítimas, Raquel (Marília Viana), levando a um desfecho surpreendente e escabroso, com muita violência e cenas explícitas, de acordo com a proposta de gênero do curta.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também