PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Parada Poética recebe o escritor Sacolinha hoje, em Nova Odessa

73ª edição ocorre nesta segunda-feira (12), a partir das 19h, na Estação Cultura

Com livros premiados e textos discutidos em universidades de São Paulo, o escritor Ademiro Alves, mais conhecido como Sacolinha, é o convidado de honra da 73ª Parada Poética, que ocorre nesta segunda-feira (12), a partir das 19h, na Estação Cultura de Nova Odessa. Idealizado e organizado pelo rapper Renan Inquérito, o sarau de poesias é realizado mensalmente e conta com apoio da Prefeitura. A entrada é franca. 
 
Depois de publicar “Brechó, meia-noite e fantasia” o ativista cultural nascido em São Paulo e radicado em Suzano acaba de lançar o livro “Dente-de-leão: a sustentável leveza de ser”. A obra, que chega ao mercado pelo Selo Vasto Mundo, é uma coletânea com 15 crônicas escritas pelo autor numa crítica contundente à correria do dia a dia. Nos textos, o escritor fala da importância de ouvir o problema do outro e respeitar a opinião do próximo. 
 
O título é uma brincadeira em cima do livro “A insustentável leveza do ser”, clássico do escritor Milan Kundera. Presidente da ACLB (Associação Cultural Literatura no Brasil), Sacolinha já escreveu sete livros, trabalhou na Secretaria de Cultura em Suzano, desenvolveu projetos e prestou serviços para a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e para o Ministério da Justiça, no projeto “Uma janela para o mundo – Leitura nas Prisões” nas penitenciárias de segurança máxima. 
 
Referência no Estado de São Paulo, a Parada Poética é um festival de poesias realizado há seis anos em Nova Odessa. Durante o evento, os participantes podem se inscrever e usar o microfone para declamar poemas, fazer discursos e cantar. O mestre de cerimônias é o cantor e compositor Renan Inquérito. A trilha sonora fica por conta do DJ Viny Blanco.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This