terça-feira, 23 abril 2024
PLANO DE AÇÃO

Secretaria de Cultura e Turismo e o Comcult realizarão uma reunião sobre a Política Nacional Aldir Blanc nesta segunda-feira (4)

A atividade é direcionada para artistas, agentes culturais e pessoas interessadas no geral
Por
Vitória Silva
Foto: Divulgação / Prefeitura de Americana

Nesta segunda-feira (4), a Prefeitura de Americana, através da Secretaria de Cultura e Turismo e o Comcult (Conselho Municipal de Cultura) vão realizar uma reunião sobre a PNAB (Política Nacional Aldir Blanc), às 19h. A atividade é direcionada para artistas, agentes culturais e pessoas interessadas no geral.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail sectur@americana.sp.gov.br ou pelo link do forms https://forms.gle/U1p1q1FrLxzMUcmt9. A reunião será feita pela plataforma Meet, os participantes terão acesso a uma apresentação sobre a PNAB e sua implementação na cidade de Americana, abordando o Plano de Ação que foi aprovado pelo Ministério da Cultura.

“É de suma importância que os agentes culturais e artistas da cidade participem desta reunião, a fim de conhecerem, de maneira específica, as diferenças entre as leis emergenciais Aldir Blanc e Paulo Gustavo e a Política Nacional de Cultura. Esta última, por sua vez, determina uma política cultural continuada, com ações mais abrangentes”, destaca a secretária de Cultura e Turismo, Marcia Gonzaga Faria.

O município recebeu R$1.598.135,13 da PNAB para o fomento cultural na cidade em 2024. O Plano de Ação elaborado pelo município inclui como meta a implementação da Política Nacional de Cultura Viva (Lei Federal 13.018/2014), para a melhoria das redes de Pontos de Cultura (entidades reconhecidas e apoiadas pelo Ministério da Cultura para desenvolverem ações socioculturais), por meio de Termos de Compromisso Cultural e Prêmios, e a concessão de bolsas para Agentes Cultura Viva, com recursos de R$ 400 mil.

Estão previstos também: ações gerais, prevendo fomento cultural em diversas frentes, no valor de R$ 618.228,38; obras, reformas e aquisição de bens culturais, R$ 300 mil; subsídio e manutenção de espaços e organizações, R$ 200 mil; e mais 5% de custo operacional, R$ 79.906,75.

Nos próximos meses, a cidade deverá apresentar o PAAR (Plano Anual de Aplicação dos Recursos), com o detalhamento das metas e ações previstas no Plano de Ação. O Plano será elaborado por meio da participação da sociedade civil, preferencialmente por intermédio dos representantes do Conselho Municipal de Cultura, levando em conta as deliberações da 3ª Conferência Municipal de Cultura, realizada em setembro de 2023.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também