sábado, 15 junho 2024

‘Travessia’ tem estreia que destaca Maranhão

A passagem de “Pantanal” para a nova novela das nove da Globo, “Travessia”, aconteceu pelas areias do Maranhão, sem perder de vista a ideia de Brasil profundo e evitando assim um choque maior entre um enredo e outro 

ELENCO | Travessia substituiu Pantanal na TV Globo (Foto: Reprodução instagram)

A passagem de “Pantanal” para a nova novela das nove da Globo, “Travessia”, aconteceu pelas areias do Maranhão, sem perder de vista a ideia de Brasil profundo e evitando assim um choque maior entre um enredo e outro. Saíram os boizinhos rodando em círculos, vistos por imagens de drones, e entraram crianças saltitantes na praia. Antes que as câmeras chegassem a um cenário urbano high-tech, com direito a holografias e a recursos sublinhados por um exagero digital que cansa só de olhar, a edição apresentou ao público os melhores motivos, pelo menos até aqui, para se acompanhar a nova história de Glória Perez.

Estão nos personagens de Drica Moraes e, depois, de Marcos Caruso, as performances mais interessantes para atrair o público. Ele é Dante, um professor cioso da vocação de ensinar, entusiasmado com a inteligência do pequeno Ari, filho dela que ele leva para a capital, São Luís, para estudar. Antes que o capítulo terminasse, o menino se transformaria em Chay Suede.

Apaixonado pela arquitetura e pela tradição da capital maranhense, Dante dá uma breve aulinha sobre a cidade, enquanto a mãe do galã tenta espantar dos olhares do filho as meninas que cercam sua vendinha. Na visão da matriarca, elas são inferiores ao patamar do herdeiro. Uma delas é Brisa, que assumirá a forma de Lucy Alves. É acertadíssima a escolha que coloca a atriz na vez de protagonista. Lucy tem cara e energia de Brasil, diferentemente de Jade Picon, toda trabalhada na maquiagem e no figurino de quem nasceu em berço de ouro, escalada para formar com Lucy.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também