PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Adolescente de 17 anos é morto a tiros em confronto com a PM em Sumaré

É o 2º caso de homicídio durante intervenção policial em dois dias no município; domingo (3), o ajudante de pintor Fabiano André da Silva foi morto na garagem de casa

O estudante Felipe dos Santos Silva, 17, foi morto a tiros em troca de tiros com a Força Tática da Polícia Militar de Sumaré depois de se envolver em ocorrência de roubo de veículo.

PUBLICIDADE

Os fatos ocorreram na Rua São Bartolomeu, no Condomínio Coronel, em Santa Terezinha, em Sumaré, às 8h10 desta segunda-feira (4). Esta foi a segunda morte em confronto com a PM registrada nos últimos três dias na cidade.

Policiais militares foram atender denúncia de que dois homens haviam roubado um veículo Fiorino branco com adesivo de site de e-commerce, que realizava entregas na região do Bairro Santa Terezinha. Os policiais avistaram o veículo roubado e tentaram fazer a abordagem.

PUBLICIDADE

Em fuga, o motorista bateu contra uma pilastra de concreto na Rua Bartolomeu (continuação da Estrada da Servidão). Os dois ocupantes do carro desceram. Um fugiu em direção de um canavial.

O passageiro efetuou três disparos contra os policiais, que revidaram e atingiram o jovem, que morreu no local. Os policiais apreenderam o revólver calibre 38 com o adolescente.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para realizar o exame de necrópsia, para apurar a causa da morte.

Foram apreendidos 80 volumes de mercadorias, devolvidos ao proprietário. As duas pistolas dos policiais foram apreendidas para ser encaminhadas para a perícia, para investigação das circunstâncias do crime.

Três cigarros de maconha também foram apreendidos com o jovem, além de R$ 55 em dinheiro.

OUTRO CASO

O ajudante de pintor Fabiano André da Silva, 33, também morreu baleado durante troca de tiros com a Polícia Militar, na Rua Ezequiel Alves de Souza, no Parque Industrial Bandeirantes, em Sumaré, às 5h30 deste domingo (3).

Segundo o registro policial, o irmão da vítima F.A.S., 22, relatou que Fabiano chegou em casa alterado e o ameaçou e aos familiares com uma arma de fogo.

Ao perceber a presença das viaturas, o acusado correu para dentro do imóvel, entrou no quintal e realizou um disparo de arma de fogo em direção da rua.

O acusado buscou refúgio em um veículo estacionado na garagem e disparou contra os policiais, que revidaram e alvejaram a vítima no interior da Van.

Posteriormente, pelo chassis do veículo, os policiais constataram que o micro-ônibus era produto de roubo, ocorrido na região do 1º Distrito Policial de Campinas.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This