Quinta, 26 Mai 2022

Com pênalti indicado pelo VAR, Palmeiras sai na frente da Católica pela Libertadores

EsportesLibertadores

Com pênalti indicado pelo VAR, Palmeiras sai na frente da Católica pela Libertadores

O polêmico lance do gol ainda ajudou o time palmeirense a engatar a sexta vitória seguida, sendo cinco partidas pelo Campeonato Brasileiro 

Raphael Veiga foi quem converteu a cobrança a favor do time brasileiro, no primeiro tempo, aos 41 minutos (Foto: Cesar Greco/ Palmeiras)

O Palmeiras contou com um pênalti indicado pelo VAR (árbitro de vídeo) para vencer a Universidad Católica por 1 a 0, na noite de quarta-feira (14), e sair na frente da equipe chilena nas oitavas de final da Libertadores.

Em Santiago, no Chile, Raphael Veiga foi quem converteu a cobrança a favor do time brasileiro, no primeiro tempo, aos 41 minutos.

Antes da penalidade, o juiz uruguaio Andres Matonte foi chamado à beira do gramado pelo VAR, o paraguaio Carlos Benítez, a fim de conferir um toque da bola na mão do zagueiro Lanaro. Ela bateu na coxa do jogador antes de resvalar no punho, mas o árbitro principal viu o lance na cabine e enxergou uma infração, deixando os chilenos revoltados.

A frustração foi ainda maior porque o gol foi a primeira finalização certa do Palmeiras na partida. Antes do intervalo, Zé Rafael ainda salvou uma bola em cima da linha e garantiu a vantagem alviverde, mantida após o intervalo.

Agora, a equipe de Abel Ferreira poderá jogar por um empate no confronto de volta, na próxima quarta-feira (21), no Allianz Parque, em São Paulo.

O polêmico lance do gol ainda ajudou o time palmeirense a engatar a sexta vitória seguida, sendo cinco partidas pelo Campeonato Brasileiro.

Desta vez, porém, o Palmeiras teve uma atuação abaixo das que vinha conseguindo. Além de passar boa parte do jogo sendo pressionado pelos chilenos, teve dificuldade para engatar contra-ataques.

Mesmo com a entrada de Dudu no segundo tempo, foi difícil para a equipe encontrar espaços e construir uma vitória mais elástica.

O triunfo, contudo, foi suficiente manter uma escrita contra a Universidad Católica, adversário que nunca conseguiu vencer os palmeirenses pela Libertadores.

Foi o sexto confronto entre as equipes na competição, com cinco vitórias brasileiras e um empate. O Palmeiras fez oito gols e sofreu apenas dois, um histórico que aumenta a confiança do time de Abel para o jogo de volta.

A vitória ainda aumentou a série invicta do time alviverde fora de casa em duelos pelo torneio continental. São 13 partidas sem ser superado como visitante, um recorde na competição. O último revés ocorreu diante do San Lorenzo, por 1 a 0, em Buenos Aires, pela fase de grupos em 2019.

Antes do segundo confronto com os chilenos, os palmeirenses voltarão a campo no domingo (18), quando vão enfrentar o Atlético-GO, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro.

UNIVERSIDADE CATÓLICA

Sebastián Pérez; Rebolledo, Lanaro, Huerta e Parto; Juan Leiva, Saavedra (Fuenzalida) e Gutierrez (Silva); Fernando Zampedri, Diego Valencia e Tapia (Puch). T.: Gustavo Poyet

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña (Victor Luis); Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Dudu); Raphael Veiga (Patrick de Paula), Deyverson (Willian) e Breno Lopes (Wesley). T.: Abel Ferreira

Estádio: San Carlos de Apoquindo, Santiago (CHI)

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

Auxiliares: Carlos Barreiro e Andrés Nievas (URU)

VAR: Carlos Benitez (PAR)

Cartões amarelos: Zampedri, Parot e Lanaro (UCA); Viña e Marcos Rocha (PAL)

Gol: Raphael Veiga (PAL), aos 41'/1ºT 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 27 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/