sexta-feira, 14 junho 2024

Conselheiros vão registrar BO

Um grupo de conselheiros do Guarani promete registrar na segunda-feira um BO (boletim de ocorrência) para forçar a investigação de uma suposta adulteração no edital de convocação da reunião do Conselho Deliberativo ocorrido na última quarta-feira. O encontro em questão definiu o adiamento da análise das propostas de terceirização após o término da Série B.

De acordo com relatos do Conselho de Administração, uma confusão administrativa fez com que dois textos diferentes fossem redigidos para a convocação da reunião. O que chamou mais a atenção de alguns conselheiros foi o fato de que, na primeira convocação e publicada no site oficial do clube, a Junta Jurídica seria convocada para explicar a proposta do empresário Roberto Graziano para assumir o departamento de futebol profissional do clube.

Já no texto reformulado, a função ficou sob a responsabilidade do Conselho de Administração. “Isso é um absurdo e precisa ser investigado. Se o Conselho não tomar providências, nós vamos a Justiça”, disse o advogado e conselheiro do Guarani, Artur Eugênio Mathias.

O presidente Palmeron Mendes Filho afirmou que não há motivo para desespero. “Não houve nenhum conflito. Sempre foi determinado pela mesa do Conselho Deliberativo (CD) que a apresentação seria técnica através da Junta Jurídica e foi o que realmente aconteceu. A participação do Conselho de Administração ocorreu nos outros itens da pauta”, explicou.

O presidente do Conselho Deliberativo, Edinho Torres, por sua vez, afirmou que recebeu a explicação de que ocorreu por parte dos responsáveis um erro de interpretação na hora da redação para correção do item C, em que dizia que uma Comissão Jurídica faria a apresentação. A expressão correta, todavia, seria Junta Jurídica.

Na sequência, para surpresa, a troca da função ficou para o Conselho de Administração. A justificativa é que houve um erro de entendimento na correção do edital.

Após o recebimento das justificativas a mesa do Conselho Deliberativo tomará uma decisão se os responsáveis serão encaminhados ao Comitê de Ética e Disciplina do clube.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também