PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ex-goleiro Marcos diz que pagará salário mínimo para 10 pessoas que perderem emprego

"Bora sair de 'discursinho' de internet e ajudar na prática! Cada um faz o que pode! Deus nos abençoe!", disse ídolo do Palmeiras em suas redes sociais

Em publicação nas redes sociais, o ex-goleiro Marcos prometeu pagar o salário mínimo de dez pessoas que eventualmente perderem seus empregos por conta da pandemia do novo coronavírus.

PUBLICIDADE

A determinação do governador de São Paulo, João Dória, de quarentena para todos os serviços não essenciais a partir da próxima terça-feira (24) por conta do vírus pode afetar a economia e, por isso, Marcos prometeu ajudar.

“Vou assumir o salário mínimo de dez pessoas que porventura venham a perder seus empregos por conta dessa crise que estamos, por seis meses, até que as coisas voltem ao normal!”, escreveu o ex-goleiro.

PUBLICIDADE

“Bora sair de ‘discursinho’ de internet e ajudar na prática! Cada um faz o que pode! Deus nos abençoe!”, completou na legenda da publicação.

Mais cedo, Fernando Prass, que hoje defende o Ceará, abriu espaço em seu perfil no Instagram para divulgar pequenas empresas durante os próximos 14 dias. O ídolo do Palmeiras disse que poderão aparecer em seus stories um empreendimento por dia. A iniciativa busca incentivar os trabalhos que poderão ser afetados pelo período de quarentena por causa do coronavírus.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This