domingo, 16 junho 2024

Morre Roberto Dinamite aos 68 anos

Ídolo do Vasco lutava contra um tumor no intestino 

 Faleceu neste domingo o maior ídolo da história do Vasco. Roberto Dinamite morreu aos 68 anos. O ex-atleta vinha lutando contra um tumor no intestino desde 2021 e teve uma piora no quadro e foi internado no sábado (7), no Rio de Janeiro.

Carlos Roberto de Oliveira nasceu em abril de 1954, mas Dinamite veio ao mundo somente em novembro de 1971, no palco do Maracanã aos 17 anos, quando Roberto recebeu o apelido ao marcar um dos gols do Vasco sobre o Internacional. No dia seguinte os jornais estampavam “garoto Dinamite explodiu”!

Roberto marcou 708 gols pelo Vasco em 1110 jogos. É dele o recorde dos 190 primeiros gols marcados por um atleta em um Campeonato Brasileiro. Dinamite conquistou um campeonato nacional com o Vasco, o brasileiro de 74 além de cinco estaduais em 77, 82, 87, 88 e 92.

O ex-atacante teve várias passagens importantes e marcantes na equipe cruz-maltina. O seu retorno ao Vasco após breve passagem pelo Barcelona, contou com mais de 100 mil pessoas na vitória da equipe sobre o Corinthians por 5 a 2 no Maracanã.

Além de Barcelona, o ídolo passou por Portuguesa, Campo Grande e encerrou a carreira em um amistoso entre Vasco e Lá Coruña da Espanha, em 93, onde naquele dia, Zico, ídolo flamenguista, vestiu a camisa alvinegra para homenagear o amigo.

Fora de campo, Dinamite ainda presidiu o Vasco em uma disputa ferrenha pelo cargo em 2008, a frente da equipe no primeiro rebaixamento da história do time. No ano seguinte a equipe conquistou o título da série B e a copa do Brasil, mas acabou caindo novamente para a segunda divisão, encerrando também a carreira do ídolo como dirigente.

Em abril de 2022, o ídolo recebeu uma homenagem com uma estátua no estádio São Januário. Artilheiro na seleção brasileira, marcou 26 gols e disputou duas copas do mundo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também