PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Jesualdo chega e cita orgulho em treinar o Santos

Sem alarde, português desembarca no Brasil e revela conversa com o compatriota Jorge Jesus, do Flamengo

Diferente de Jorge Sampaoli, o novo técnico Jesualdo Ferreira chegou a São Paulo sem muito alarde. O profissional de 73 anos foi recebido por alguns torcedores do Santos e falou pela primeira vez com a imprensa brasileira. Dentre alguns assuntos, Jesualdo citou o orgulho em treinar o Santos e revelou uma conversa que teve com Jorge Jesus, técnico do Flamengo, nos últimos dias. 

PUBLICIDADE

“O encontro com Jesus foi um encontro de amigos, de recordar algumas passagens juntos no futebol português. Jesus fez uma declaração de paixão ao futebol brasileiro. Uma forma de ver o jogo que ele tinha, e tem, e foi importante para a melhoria que o Flamengo tem. Acima de tudo, uma troca de impressões. Não falamos sobre o Santos. Nem estava na mesa de falar sobre isso. Falamos sobre o Gustavo, que foi embora. Falei: ‘Acabo de chegar e você já me tira um jogador.’ Foi uma conversa de amigos”, contou Jesualdo. 

“Estou aqui porque fui convidado e tenho muito orgulho disso. Vou fazer nosso trabalho na tentativa de que o Santos seja ainda melhor do que foi na época passada”, completou. 

PUBLICIDADE

Jesualdo ressaltou que ainda precisa ter uma reunião com o diretor técnico William Thomas para conhecer melhor sobre o plantel do Santos e traçar um novo planejamento para 2020. 

“Tenho falado com o William (Thomas, diretor técnico do Santos). Temos falado de alguns temas de planejamento. Ainda há muitos temas soltos. Só quando nos encontrarmos sentados, podemos conversar sobre como são minhas ideias. Até o momento, sou dependente muito daquilo que são as orientações do clube, da diretoria do Santos”, afirmou o treinador a um grupo de jornalistas. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This