Terça, 26 Outubro 2021

Jogadora de basquete Geisa, bicampeã por Americana, morre aos 42 anos

Jogadora de basquete Geisa, bicampeã por Americana, morre aos 42 anos

A ex-atleta, que estava grávida de 3 meses, sofreu parada cardiorrespiratória em Campinas, onde morava  

Geisa estava grávida de 3 meses – Divulgação/LBF

A multicampeã ala/pivô Geisa Oliveira, que atuou por time de basquete de Americana, morreu aos 42 anos. A atleta, que estava grávida de 3 meses, sofreu uma parada cardiorrespiratória em Campinas, onde morava, divulgou nesta sexta-feira a LBF (Liga de Basquete Feminino).

Geisa, de 1,89 metro de altura, foi duas vezes campeã nacional por Americana. A primeira em 1997, aos 18 anos, quando integrou o elenco do Data/Control. Depois repetiu o feito em 2003 com o time da Unimed/Americana.

"Vai fazer muita falta. Tive a oportunidade de trabalhar com ela como jogadora em Americana e como representante na LBF. Uma pessoa do bem que nos deixa. Meus sentimentos à familia", declarou o presidente da entidade, Ricardo Molina.

Geisa atuou por diversos times do Brasil e do exterior, além de fazer parte da seleção brasileira. A última equipe dela foi o São José, em 2013, onde jogou dez partidas pelo time semifinalista, que contava no elenco ainda com Ariadna, Nadia, Patty e Tati Pacheco. Depois, a ex-jogadora passou a atuar como representante oficial da LBF.

Nascida em São Paulo (SP), em 12 de agosto de 1979, a pivô começou a carreira aos 12 anos, no Clube de Regatas Tietê. Depois jogou pelas equipe da Ponte Preta e Microcamp, ambas de Campinas. Seis anos depois transferiu-se para Americana.

Geisa também conquistou o campeonato nacional jogando pelo Vasco da Gama (RJ), em 2001, e por Ourinhos (SP), em 2006. A atleta jogou ainda em times de países da Europa, com passagem pela Espanha, Itália e Hungria.

Ela retornou ao país em 2012. Após a aposentadoria, Geisa seguiu atuando em campeonatos master e universitários, tendo sido campeã dos Jogos Universitários Brasileiros em 2017 pela equipe da Unip-SP, comandada pelo técnico Borracha (hoje no Vera Cruz Campinas) e ao lado de atletas da LBF como Cacá, Mariana Dias, Aruzha, Lays e Aline Moura.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 27 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/