Sábado, 28 Mai 2022

Marcos Campagnolo é o novo técnico do Tigre

Marcos Campagnolo é o novo técnico do Tigre

O Rio Branco apresentou, ontem, seu novo treinador para a sequência das disputas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão Sub 23. Marcos Campagnolo,

O Rio Branco apresentou, ontem, seu novo treinador para a sequência das disputas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão Sub 23. Marcos Campagnolo, 49, será o substituto de Raphael Pereira, demitido no início da semana, após derrota para o Guarulhos na abertura da segunda fase da competição.

O técnico vinha dirigindo a Matonense, a quem comandou por 12 partidas nessa mesma Bezinha, com cinco vitórias, três empates e quatro derrotas. “Venho com toda força pegar um clube que está acostumado a vencer, de camisa e tradição, time grande nessa divisão. Estou pronto para dar o meu melhor e, não apenas classificar, mas brigar pelo acesso. Para esse primeiro jogo, vou deixar para que o Tony (Ferreira, auxiliar) conduza, ele me passou todo o trabalho durante a semana e eu vou poder observar a equipe”, disse o novo técnico do Tigre.

O treinador comentou seu primeiro contato com o elenco riobranquense. “Minha primeira conversa com os atletas foi sobre isso, que eles fizeram uma primeira fase excelente e não esqueceram de jogar futebol. Alguma coisa entrou no grupo para que tenha tido essa baixa, mas, agora, é voltar a gostar de treinar e ir bem para essa partida de amanhã (hoje) que é tão importante”, ressaltou.

Campagnolo falou de sua saída da Matonense, que também se classificou para a segunda fase da competição. “Foram dificuldades financeiras, três meses de salários atrasados, e ainda sim conseguimos classificar a equipe com todos esses problemas de estrutura. Foi isso que me levou a aceitar esse convite para vir para cá”, contou. Ararense, assim como o gerente de futebol Thiago Bernardi, Campagnolo, como jogador, foi zagueiro e teve marcante passagem pelo Noroeste de Bauru, entre 1990 e 1998. Iniciou a carreira de treinador em 2012, conduzindo o Velo Clube às quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior daquela temporada. Passou ainda por Mogi Mirim, São Carlos, Rio Claro, antes de chegar à Matonense nesta temporada.

JOGO

Enquanto nos bastidores a diretoria se mexia para contratar o novo técnico, dentro de campo, o auxiliar Tony Ferreira definia a equipe que entra em campo, hoje, às 15h, diante do Joseense, pela segunda rodada da segunda fase da Bezinha. Enquanto o Tigre foi derrotado pelo Guarulhos, 2 a 1, na abertura desta etapa, o adversário ficou no empate (1 a 1), contra o Marília. Tony promove mudanças nos três setores em seu time. Patrik retorna a lateral-direita, Wellerson volta na zaga, Felipinho entra no meio e, no ataque, Davi foi reconduzido a titularidade.

RIO BRANCO
Alan; Patrik, Crepaldi, Wellerson e
Leandro; Kayo, Léo, Rafael Cursino
e Felipinho; Davi e Braga.
T. Tony Ferreira (interino)

JOSEENSE
Guilherme; André, Vinícius, Giovanni e Diego; Igor Ramos, Abraão,
Igor Nazaret e Leonardo; Wilson
e Willian.
T. Rafael Attili
Árbitro: Daniel Carlos Luciano
Fernandes
Local: Estádio Décio Vitta, em
Americana
Horário: 15h
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/