quarta-feira, 24 julho 2024

Recorde brasileiro: 34 horas de embaixadinhas

Ricardo Silva Neves foi acompanhado por bombeiros e recebeu soro

RECORDE | Ricardinho para bola para medir pressão (Foto: Reprodução/ Instagram)

Ricardo Silva Neves tirou o sábado (13) e o domingo (14) para bater o próprio recorde mundial de embaixadinhas. Foram 34 horas e cinco minutos sem deixar a bola cair. O feito foi realizado em Santos. Após cumprir o objetivo, Ricardinho foi abraçado pelo filho e acabou desmaiando. “Foi a primeira vez que aconteceu de desmaiar. Eu estava muito bem preparado, mas o calor foi intenso, foi a primeira vez no litoral. Quando eu terminei, tentei firmar, o meu filho foi para o meu lado, e aí fechei os olhos.”

Ao longo das 34 horas, ele foi acompanhado por bombeiros e recebeu soro. Uma das maiores dificuldades era ir ao banheiro.

Segundo Ricardinho, a expectativa é de que o novo recorde saia na edição de 2022 do Guinness Book. Já a bola utilizada será leiloada, e o valor arrecadado irá para a organização Médicos Sem Fronteiras. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também