PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Rio Branco garante pré-contratos a atletas liberados de treinos

A diretoria do Tigre chegou a um acordo com os 17 jogadores do grupo

Antes de liberar seu elenco, atendendo recomendação da FPF (Federação Paulista de Futebol) como medida de prevenção ao coronavírus, a diretoria do Rio Branco chegou a um acordo com os 17 jogadores do grupo – nenhum deles ainda havia sido registrado – para que assinassem um pré-contrato, evitando que alguns pudessem não retornar ao clube quando os treinamentos forem retomados.  

PUBLICIDADE

De acordo com o advogado Éder Duarte, vice-presidente de futebol do clube, a assinatura de um pré-contrato está prevista no artigo 25, parágrafo 4º, do regulamento de transferências da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O dirigente afirmou ainda que a medida foi para segurança do clube e também dos atletas, que antes de deixarem o estádio Décio Vitta, receberam o valor equivalente aos dias trabalhados na pré-temporada. 

Até o momento, o Tigre apresentou como reforços para a Bezinha, e garantiu pré-contrato, com o goleiro Gabriel, os laterais Patrik, Thiago e Leandro, os zagueiros Arthur, Machado, Crepaldi, João Victor e Vinícius, os volantes Esaul, Hernandes e Gustavo Gomes, os meias Matheus Carioca, Lucas Prado e Kanda, e os atacantes Higor Henrique e Lucas Macedo.  

PUBLICIDADE

OUTROS NOMES 

Os goleiros João Paulo e Peruchi, o volante João Santos, o meia Aritana e o atacante Matheusinho, que também fazem parte do elenco comandado pelo técnico Jorge Parraga, já possuem vínculo com o clube como atletas amadores e farão parte da lista B de inscrição para a competição junto à FPF. 

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This