Domingo, 17 Outubro 2021

Santos bate o Atlético-MG na Vila e vai em busca do G4 do Brasileiro

EsportesPeixe

Santos bate o Atlético-MG na Vila e vai em busca do G4 do Brasileiro

 O resultado fez o Peixe escalar a tabela de classificação, saindo da 12ª posição e alcançando o sexto lugar de forma provisória

Jean Mota comemora o primeiro gol santista | Peixe encosta no grupo de cima na classificação do Brasileirão ( Foto: Divulgação/ Santos FC)

O Santos voltou a sentir o gosto da vitória no Campeonato Brasileiro e, com um golaço do meia Jean Mota e outro de Marcos Guilherme, bateu o Atlético-MG neste domingo (27), pelo placar de 2 a 0, em partida da sexta rodada. O resultado fez o Peixe escalar a tabela de classificação, saindo da 12ª posição e alcançando o sexto lugar de forma provisória.

O Galo, em contrapartida, segue sem vencer na competição há três rodadas, já que empatou em casa com a Chapecoense, e perdeu para Ceará e Santos, longe de Belo Horizonte.

Depois de duas rodadas fora da capital mineira, o Galo volta para casa e terá pela frente o Atlético-GO. A partida está marcada para a próxima quinta-feira (1º), às 19h, no Mineirão. Já o Peixe recebe o Sport Recife um dia antes, na quarta (30), às 20h30.

A partida começou com ambas as equipes tentando manter a posse de bola, até pelo estilo de jogo dos dois times. O Santos apresentou mais volume e posse de bola, mas teve dificuldade com a forte marcação do Galo nas proximidades da área. A dificuldade atleticana era segurar a bola para criar lances ofensivos.

Com duas escalações espelhadas a marcação era um ponto alto no jogo. O segundo tempo ficou mais aberto com as equipes buscando o ataque de forma mais incisiva. E saiu assim, em um lance de contra-ataque, o zero no placar. Jean Mota, depois de arrancada de Marcos Guilherme e passe de Kaio Jorge, fez um golaço, no ângulo. O Galo a partir daí se lançou ainda mais à frente, mas sem o sucesso desejado.

O Santos ainda matou o jogo no fim com Marcos Guilherme.

A partida entre Santos e Atlético-MG marcou o registro do reencontro de velhos conhecidos. Fernando Diniz, técnico do Alvinegro Praiano, e Tchê Tchê, agora no Alvinegro Mineiro, estiveram juntos recentemente no São Paulo. No Tricolor Paulista se envolveram em uma polêmica discussão, quando o treinador chamou o meio-campista de "perninha", no dia 6 de janeiro, em um jogo do Brasileirão -ainda da edição 2020- contra o Red Bull Bragantino.

No fim da partida, Diniz e Tchê Tchê tiveram uma longa conversa, se cumprimentaram e chamaram a atenção justamente pelo episódio passado entre os dois.

SANTOS

João Paulo, Pará (Madson), Luiz Felipe, Luan Peres, Felipe Jonatan, Ivonei (Vinícius Balieiro), Jean Mota, Pirani (Sánchez), Marinho, Kaio Jorge e Marcos Guilherme. Técnico: Fernando Diniz.

ATLÉTICO-MG

Everson, Guga (Mariano), Réver, Gabriel e Guilherme Arana; Jair (Zaracho), Allan, Tchê Tchê (Calebe); Hyoran (Felipe Felício), Keno (Luiz Felipe) e Hulk. Técnico: Cuquinha (interino).

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 0 ATLÉTICO-MG

Motivo: 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data e horário: 27 de junho de 2021, às 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartão amarelo: Marinho, Pará, João Paulo, Marcos Guilherme (SAN); Allan, Arana, Zaracho (CAM)

Cartão vermelho: Allan (CAM)

Gol: Jean Mota, pelo Santos, aos 11 minutos do segundo tempo, e Marcos Guilherme, do Santos, aos 48 minutoso do segundo tempo. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/