PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Santos vence Red Bull Brasil e ultrapassa Palmeiras na classificação geral

O time santista venceu a partida deste sábado (23) por 2 a 0 e pode até perder por um gol de diferença na partida de volta em Campinas

O Santos conseguiu boa vantagem sobre o Red Bull Brasil no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista.

PUBLICIDADE

O time santista venceu a partida deste sábado (23) por 2 a 0 e pode até perder por um gol de diferença na partida de volta.

Carlos Sánchez, de falta no primeiro tempo, e Diego Pituca, na segunda etapa, marcaram para o time da casa.

PUBLICIDADE

Pituca também marcou o primeiro gol da partida, aos cinco minutos, mas a jogada acabou anulada após o árbitro de vídeo avisar o juiz Douglas Marques das Flores que o meia estava impedido.

Em um jogo muito movimentado, as duas equipes tiveram grandes chances de marcar, incluindo um gol perdido por Ytalo, praticamente dentro da pequena área e quase sem goleiro. O atacante do Red Bull finalizou para fora.

PUBLICIDADE

Pituca também perdeu uma chance incrível na primeira etapa quando, com o gole aberto, acabou completando mal o cruzamento.

As duas equipes mostraram futebol bastante ofensivo.

A defesa do Red Bull sofreu com a excelente atuação de Rodrygo e também com a marcação pressão montada pelo técnico Jorge Sampaoli. Os dois gols de Pituca, por exemplo, começaram em roubadas de bola quando a equipe visitante tentava sair jogando.

A vitória faz o Santos empatar em pontos com o Palmeiras, mas ultrapassar a equipe alviverde pelo número de vitórias e ficar com a segunda melhor campanha do Paulista.

A liderança geral do torneio segue com o Red Bull Brasil, mesmo com a derrota, um ponto a frente dos dois rivais.

20.615 torcedores (18.475 pagantes) assistiram à partida no estádio do Pacaembu, em São Paulo, proporcionando uma renda de R$ 527.047,50

O jogo de volta entre os times está marcado para a próxima terça-feira (26), às 20h (Brasília), no Moisés Lucarelli, em Campinas.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Aguilar e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Sánchez; Jean Mota, Eduardo Sasha (Copete) e Rodrygo (Kaio Jorge).

T: Jorge Sampaoli

RED BULL BRASIL

Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Jobson (Pio), Uillian Correia e Ytalo; Claudinho (Bruno Tubarão), Léo Castro (Rodrigo) e Osman.

T.: Antônio Carlos Zago

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Marco Antônio de Andrade Motta Junior

Público/Renda: 18.475 pagantes e 20.615 total/R$ 527.047,50

Cartões amarelos: Carlos Sánchez, Diego Pituca e Victor Ferraz (Santos); Ligger, Rafael Carioca, Osman e Jobson (Red Bull)

Gols: Carlos Sánchez (SAN), aos dez minutos do primeiro tempo, e Diego Pituca (SAN), aos 33 minutos do segundo tempo.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This