PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Tenista brasileira conhece adversária da estreia no Australian Open

Com grande atuação, a tenista número 1 do Brasil derrotou a norte-americana Jennifer Brady pela terceira rodada do quali e disputa pela segunda vez o Grand Slam australiano

A tenista paulista Beatriz Haddad Maia, número 1 do Brasil, garantiu, na noite desta quinta-feira, sua vaga para a chave principal do Australian Open ao chegar a terceira vitória no qualifying. Bia é a única representante do país no primeiro Grand Slam da temporada.

PUBLICIDADE

Com grande atuação na terceira e última rodada do quali, a tenista superou a norte-americana Jennifer Brady, cabeça de chave 16 do qualifying e 125ª do mundo, por 6/3 6/4, em 1h26min de partida.

“Virei um jogo duro, estava 4/1 e vantagem pra ela, com saque e duas quebras na frente e eu consegui lidar com a situação. Fisicamente, senti que ela estava cansada e fiz ela jogar todos os pontos, fazendo ela correr e sair com a vitória”, explicou a tenista  que é 176ª do mundo.

PUBLICIDADE

Bia disputa pela segunda vez o Australian Open. No ano passado chegou à segunda rodada, quando foi parada pela tcheca Karolina Pliskova, então sexta favorita ao título do torneio.

A brasileira fará sua estreia na chave contra a norte-americana Bernarda Pera, 69ª do mundo. Será o segundo encontro entre as duas. O primeiro aconteceu em 2014, no saibro de Breda, na Holanda, vencido pela norte-americana por 6/1 7/6(8).

PUBLICIDADE

“Estou muito feliz com a minha atuação no quali. Agora sim entramos no torneio. Estou com uma energia muito boa, confiante e jogando agressiva, o que eu acho que é o principal”, afirmou Bia.

 

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This