quinta-feira, 18 abril 2024

Times fazem dérbi em busca de reabilitação

Ponte ainda não venceu, enquanto Guarani vem de uma derrota e um empate

DÉRBI 200 | Andrigo (esq.) e Moisés se recuperam e ainda são dúvidas para a partida (Foto: Divulgação/Guarani e Ponte Preta)

Após as derrotas esta semana, Guarani e Ponte Preta focam no dérbi deste sábado (19) para voltar a vencer e conseguir a reabilitação. A partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro será na casa do Bugre, o estádio Brinco de Ouro da Princesa, às 18h30. Este será o dérbi 200 e o segundo deste ano.

Ponte e Bugre já se enfrentaram no dia 5 de maio, na penúltima rodada do Campeonato Paulista. A Macaca venceu por 3 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli. O novo confronto ocorre em momentos distintos para as duas equipes. O Bugre ocupa a 7ª posição na Série B, com cinco pontos. Em quatro jogos disputados, a equipe tem uma vitória, dois empates e uma derrota.

A Ponte ocupa a última colocação e tem apenas um ponto. São três derrotas e um empate. Em quatro partidas, o time comandado por Gilson Kleina fez apenas dois gols e tomou cinco. “O trabalho está começando e não podemos perder a confiança: temos que manter o trabalho e ter convicção para chegar à vitória”, afirmou o técnico.

A equipe vem de uma derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, na quarta-feira (16). Com o resultado, o time mineiro pulou para o 14º lugar do campeonato, deixando a lanterna nas mãos da equipe campineira. Essa foi a segunda derrota consecutiva da Macaca.

O dérbi em maio foi justamente a última vitória da Ponte Preta este ano. Depois disso, em oito jogos, foram cinco derrotas e três empates. De última hora, houve uma baixa no elenco. O atacante Paulo Sérgio foi para o Operário e não joga mais pela Macaca. Uma dúvida para o jogo é Moisés, que deixou o campo com dores na coxa direita na última partida.

Já o Guarani não venceu nas últimas duas rodadas da Série B. O Bugre teve uma derrota, 3 a 1 para o Náutico, e um empate, 1 a 1 com o CSA. O técnico Daniel Paulista poderá contar com a volta de atletas e reforçar o time para o dérbi. Entre eles, Regis deve retornar ao meio de campo após ser poupando no jogo contra o CSA por conta de desgaste muscular.

Thales e Júlio César cumpriram suspensão por cartão amarelo e estão liberados para jogar. As dúvidas ficam por conta de Andrigo, que está tratando uma lesão no pé, e Rodrigo Andrade, que não disputou a última partida por sentir incômodo na panturrilha. Para o dérbi, Daniel Paulista disse que a missão é vencer.

O dérbi terá uma ação solidária envolvendo os clubes e a empresa WKM Solutions. Serão doadas de 200 cestas básicas para a Campanha Alimentos para Todos, que atende famílias de baixa renda. A empresa irá doar 100 unidades. A outra metade ficará por conta do time que perder a partida. Em caso de empate, as equipes irão dividir a doação.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também