domingo, 14 abril 2024

Discussão entre irmãos por causa da TV acaba em morte em Americana

Uma discussão entre irmãos por causa da programação da televisão acabou em assassinato, nesta terça-feira (27), na Rua Esperança, bairro São Jerônimo, em Americana. Segundo policiais militares, a vítima e o acusado pelo crime estavam na garagem da casa quando as equipes chegaram para atender ao caso.

O pintor Vanderlei Aparecido Gonçalves, de 34 anos, gravemente ferido a faca, foi socorrido no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi onde ficou internado e morreu após cinco horas de atendimento. O irmão dele, o estampador Eduardo José Gonçalves, de 27 anos, foi preso em flagrante acusado pelo homicídio.

Aos policiais, ao ser preso na garagem, o acusado disse ter se desentendido com o irmão por causa do uso da TV na casa onde moravam juntos, e que fica no quintal da casa dos pais deles, que testemunharam o crime.Eduardo alegou que, durante a briga, seu irmão teria usado pedaços de madeira para agredi-lo. O próprio Eduardo conduziu os policiais até a cozinha da casa onde apontou uma faca, ainda manchada de sangue e com o cabo quebrado, como arma que utilizou no crime.

Também foi apreendido na casa um taco de madeira que a Polícia investiga se foi usado pelo acusado de assassinato. Aos policiais, alguns familiares dos irmãos Gonçalves disseram que ambos seriam usuários de entorpecentes e que as discussões entre eles eram constantes, mas jamais acreditaram que a situação pudesse chegar ao ponto de uma tragédia familiar.

Eduardo ainda estava na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana sendo autuado pelo crime de tentativa de homicídio quando chegou o comunicado de que o irmão dele tinha falecido no hospital. O caso, então, foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil. Eduardo ficou preso à disposição da Justiça e passará por Audiência de Custódia, que vai decidir se ele ficará preso preventivamente por tempo indeterminado.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também