domingo, 21 julho 2024

Roubo de veículo cai 13% na região

Os roubos de veículos tiveram queda de 12,98% no primeiro trimestre deste ano ante o mesmo período do ano passado em cinco cidades da Região (Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia). De 308 registros, em 2019, caíram para 268, neste ano.

O número de roubos outros (todos os tipos de roubos excetuando-se o de veículos) também registrou queda de 19,10% nos primeiros três meses de 2020 ante o mesmo período do ano passado (passou de 759 casos em 2019 para 614 nos cinco municípios neste ano.

Os dados constam nas estatísticas da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, divulgados na última sexta-feira (24). Somados, os estupros nas cinco cidades também tiveram redução de 11,76% no mesmo período, caindo de 51 registros para 45 no período.

Em contrapartida, os furtos de veículos aumentaram 11,09%, passando de 613 casos no primeiro trimestre de 2019 para 681 de janeiro a março de 2020.

Já os crimes contra a vida tiveram aumento. Foi o caso dos homicídios dolosos (com intenção), que subiram de 11 casos no primeiro trimestre do ano passado para 17 no mesmo período neste ano, um incremento de 54,54%.

Também aumentou 26,6% o registro de tentativas de homicídio. Houve registro de 15 casos de janeiro a março de 2019. Neste ano, foram registradas 19 ocorrências do tipo.

“Há números um pouco maiores de homicídios, mas o retrospecto mostra que as condições de segurança dessas cidades são bastante favoráveis. A taxa de homicídios (3,4) da cidade de Americana é a mesma de Nova York. Os crimes contra o patrimônio seguem em taxas decrescentes, o que reforça a condição de boa segurança da região”, avalia José Vicente da Silva Filho, especialista em segurança pública.

A evolução ou a retração das ocorrências ajudam na definição das políticas públicas na área de segurança e no redirecionamento das forças policiais no combate à criminalidade.

PROGRAMA

O major da PM Eurípedes Mota Furtado, coordenador Operacional do 19º Batalhão da Polícia Militar do Interior, informou que sinergia e ferramentas de qualidade de gestão são utilizadas para racionalizar e melhorar a eficiência dos meios escassos. O Batalhão atua em Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Cosmópolis, Artur Nogueira e Engenheiro Coelho. Hortolândia, Nova Odessa e Sumaré fazem parte do 48º BPM/I.

Com o advento da pandemia da Covid-19, o Decreto Estadual nº 64.881, que entrou em vigor em 24 de março de 2020, determinou que as escoltas de presos deixassem de ser realizadas por uma semana no trimestre. Então, os policiais militares e viaturas foram redirecionados para o policiamento preventivo.

“Antes do decreto entrar em vigor, a PM também realizou operações integradas com os agentes do Detran/SP na região conurbada de Americana e Santa Bárbara d’Oeste, com vistas aos desmanches irregulares”, informou o coordenador operacional do 19º Batalhão. Daí a explicação para a queda dos roubos de veículos. É que a venda irregular de peças fomenta os furtos e roubos de carros.

Guarda prioriza áreas com maiores índices

A comandante da Guarda Municipal de Sumaré, Simone Souza, informou que o Município tem promovido diversas ações preventivas em vários pontos da cidade.

Para isso, a Segurança Municipal realiza um trabalho com as forças policiais (Civil e Militar), através de mapeamento dos locais com maior índice de criminalidade, principalmente casos contra a vida, onde é realizado o aumento direcionado de patrulhamento, pontos de visibilidade e operações “Bairro Seguro” e “Saturação”.

Áreas bancárias e comerciais também ganharam reforço no patrulhamento com a implantação, em 2018, da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal).

“Importante destacar também que, para fortalecer as ações de segurança pública de Sumaré, desde 2017, a Administração Municipal tem realizado importantes investimentos na corporação”, informou a comandante da Guarda.

Entre as ações estão implantação do uso de tablets nas viaturas para execução das ordens de serviço e monitoramento das escolas pela Central de Comunicação e Monitoramento da GM, entre outros.

“Precisamos reforçar sempre a segurança da nossa população e a Guarda Municipal de Sumaré tem sido muito importante a fim de intensificar o patrulhamento e aumentar as ações de segurança junto às polícias Civil e Militar”, disse o prefeito Luiz Dalben (PPS).

Estatísticas definem policiamento, diz PM

 

Segundo o coordenador operacional do 19º BPM/I, Eurípedes Mota Furtado, a Polícia Militar realiza o chamado PPI, Programa de Policiamento Inteligente. Toda semana é realizado um levantamento através do infocrim 3.0 dos locais, dias e horários de maior incidência de cada indicador criminal.

Com base no levantamento, os comandantes de companhias elaboram os cartões de prioridade de patrulhamento, direcionando os meios humanos e materiais da Polícia Militar para esses locais, com o objetivo de evitar os crimes.

Também são realizados patrulhamentos integrados, em especial com as Guardas Municipais da área de atuação. “O trabalho integrado visa aumentar a percepção de segurança e melhorar a qualidade de vida da população”, disse o major Eurípedes.

REGIÃO

Semanalmente, cada comandante de Companhia de Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Cosmópolis se reúne com os comandantes das Guardas Municipais, discutem o PPI e dividem missões para evitar sobreposição de meios.

“Como o crime migra de uma região, horário e dia da semana, conforme encontra resistências dos policiais militares e guardas municipais, há a necessidade dos levantamentos semanais para acompanhar essa migração”, explicou o coordenador de operações.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também