Coaching e a Nova Economia

Vivemos um período de nossa história, onde a globalização e a difusão da tecnologia geram, entre outras consequências, uma hiper competição entre empresas e pessoas, mudanças em ritmo desenfreado e fluxo muito rápido de informações, comunicação e conhecimentos. O mundo está se transformando mais rápido do que somos capazes de assimilar.

Vivemos um período de nossa história, onde a globalização e a difusão da tecnologia geram, entre outras consequências, uma hiper competição entre empresas e pessoas, mudanças em ritmo desenfreado e fluxo muito rápido de informações, comunicação e conhecimentos. O mundo está se transformando mais rápido do que somos capazes de assimilar.
Neste novo contexto, cada pessoa e empresa devem fazer uma escolha simples, mas com consequências devastadoras: encarar as mudanças de frente ou se ‘vitimizar’ com elas. A história e a literatura corporativa demonstram que aqueles que enfrentam e lidam estrategicamente com as mudanças obtém mais sucesso e prosperidade. Não agem de forma reativa, mas sim como atores proativos das mudanças.
No ambiente corporativo, principalmente nos países desenvolvidos, o Coaching já é amplamente difundido, pois comprovadamente auxilia na gestão de mudanças e gera resultados positivos, rápidos e consistentes. No mundo inteiro, estima-se que o ‘Business & Executive Coaching’ movimentem mais de US$ 5 bilhões por ano. Mas o que é Coaching afinal, e como ele pode ajudar as pessoas?
Coaching é definido como um processo que visa elevar a performance de pessoas, times e empresas, aumentando seus resultados positivos por meio de metodologias, ferramentas e técnicas cientificamente validadas, aplicadas por um profissional habilitado (o Coach), em parceria com o cliente (o Coachee).
O foco das estratégias de coaching abrange, entre outros fatores, aprofundar a autoconsciência do Coachee, por meio de ações contínuas de aprendizado. Essas ações têm como base estudos da Psicologia Cognitiva, da Psicologia Comportamental, da Psicologia Positiva, das Ciências Organizacionais e da Neurociência, além de conceitos da Filosofia, da Educação e de Administração (negócios, processos e liderança).
Coaching pode ser visto como uma forma de assessoria pessoal, profissional ou empresarial para o alcance de resultados superiores. Com o Coaching é possível entender como nós pensamos, sentimos, reagimos, aprendemos, mudamos e evoluímos. O processo de coaching leva o cliente ou a empresa a novos entendimentos, alternativas e opções capazes de fazer com que amplie suas realizações e conquistas.
Na Nova Economia, em que o capital intelectual é tido como fator estratégico, e as constantes mudanças geram grande incerteza e diminuem a previsibilidade, o Coaching ajuda seus clientes a desenvolverem as habilidades e atitudes necessárias para tomada de decisões ou realização de ações que são importantes para a empresa.

Pin It on Pinterest

Share This