PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Após ‘baderna’ em Americana, festa semelhante é convocada em SB

Após a região da Avenida Brasil ser palco de tumulto, disparos de arma de fogo e alto consumo de drogas e álcool em uma festa de rua na noite do Natal, em Americana, outra festa também planejada pelo Facebook pode ter aglomeração na noite do Réveillon, desta vez em Santa Bárbara d’Oeste.

PUBLICIDADE

Por meio de uma página na rede social Facebook, organizadores estão convidando para o evento “Show da Virada” no Jardim São Fernando, em Santa Bárbara.

Na página, 624 pessoas já confirmaram presença até a noite de ontem. Outras 594 se diziam interessadas.

PUBLICIDADE

O TODODIA tentou contato com o dono de um perfil que consta como sendo o organizador da festa, mas não recebeu resposta até o fechamento desta edição.

A Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Defesa Civil, através da assessoria de Imprensa, informou que a Guarda Civil Municipal de Santa Bárbara monitora o assunto e que o patrulhamento será realizado em diversos pontos da cidade.

PUBLICIDADE

ENTENDA

No Natal, pelo menos duas mil pessoas ocuparam a Avenida Brasil e as ruas São Salvador e Guglielmo Marcone, no bairro Residencial Nardini, em Americana, em uma comemoração regada a som alto, muita bebida alcóolica, consumo de drogas e até disparos de arma de fogo. Não houve registro de qualquer ferido na aglomeração.

A festa, conhecida como “Mandelão da Brasil”, durou até o amanhecer e terminou com muito lixo acumulado pelas ruas, além de reclamações generalizadas na vizinhança pela “baderna” na região.

Um novo “Mandelão” em Americana, desta vez durante o Réveillon, já está sendo anunciado em redes sociais e mais de 1,8 mil pessoas já tinham confirmado presença no evento até ontem à tarde.

Contudo, após as reclamações sobre a suposta bagunça na região da Brasil, a PM (Polícia Militar) e a Gama (Guarda Armada Municipal de Americana), que monitorou a ocorrência durante a madrugada do dia 25, anunciaram uma operação conjunta para a noite da virada do ano na cidade.

O comandante da Gama, Marcos Guilherme, não divulgou detalhes das medidas a serem adotadas, não só na região da Avenida Brasil, como em toda a cidade.

“Como se tratam de ações estratégicas de segurança, não é possível especificar o que será feito, sob o risco de perda de efeitos. Ressaltamos apenas que Americana terá uma ação conjunta”, divulgou a prefeitura em nota.

 

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This