terça-feira, 18 junho 2024

Dentista é investigado por estupro de adolescente

Jovem relata que caso aconteceu diversas vezes 

Foto: Reprodução/EPTV

Uma denúncia de possível estupro foi apresentada na Polícia Civil, que instaurou inquérito para investigar um dentista que teria cometido crime tipificado como estupro contra uma adolescente de 16 anos de idade em seu consultório odontológico, localizado na cidade de Valinhos (SP) durante atendimento.

Segundo o boletim de ocorrência, o caso aconteceu no dia 12 de dezembro e foi registrado um dia depois. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o dentista foi intimado a prestar esclarecimentos, após abertura do inquérito na ultima segunda-feira (19). O depoimento do acusado deve acontecer nos próximos dias.

Em depoimento, a mãe da vítima informou no registro do Boletim de Ocorrência que o dentista teria tocado nos seios da filha assim que ela entrou para a consulta. No fim do atendimento, o suspeito teria acariciado a virilha e tentado colocar a mão nas partes intimas da menor. Na saída da sala de consulta, o profissional teria ainda virado a jovem e esfregado o seu pênis nas nádegas da vítima.

Em nota enviada ao ‘G1’, o dentista informou que a acusação “é absurda e não possui qualquer fundamento”. O suspeito ainda disse que solicitou as imagens do atendimento para fornecer as autoridades em busca de esclarecimentos.

Após publicação de um vídeo no perfil da jovem, o caso ganhou repercussão. No vídeo o pai está presente no consultório aos gritos contra o dentista. “Este homem doente, estuprador, colocou a mão nas partes íntimas da nossa filha durante uma consulta para correção do aparelho dental”, diz o desabafo publicado junto ao vídeo.

Segundo a família, outras vítimas entraram em contato após o crime vir a público. O delegado titular do inquérito, no entanto, afirma que até o momento não havia registros envolvendo o dentista. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também