segunda-feira, 4 março 2024
Roubo a carro-forte

Ex-secretário de Sumaré é preso suspeito de participar de ataque a carro-forte

A polícia identificou sete suspeitos envolvidos no crime, um deles é ex-secretário de Esporte e Lazer de Sumaré
Por
Danilo Bueno

Na tarde do dia 13 de novembro, um carro-forte foi alvo de um ataque criminoso na Rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Cosmópolis e Artur Nogueira. A polícia identificou sete suspeitos envolvidos no crime, sendo que dois deles já foram presos, incluindo o ex-secretário de Esporte e Lazer de Sumaré, Bruno César Pereira.

Bruno César Pereira, de 37 anos, foi detido suspeito de integrar a quadrilha responsável pela explosão e roubo do carro-forte. Durante a operação, a polícia também apreendeu a caminhonete utilizada pelo grupo para transportar as armas do crime.

De acordo com as autoridades, ainda há cinco mandados de prisão abertos contra outros suspeitos de participarem da quadrilha. O Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) está encarregado da investigação e afirma que pelo menos sete pessoas estiveram envolvidas no crime.

Bruno César Pereira já possuía passagens pela polícia por porte de arma e roubo. Durante sua prisão, foram encontrados em sua posse um celular, um pendrive e objetos pessoais para coleta de material genético.

Vale ressaltar que Bruno César Pereira foi nomeado superintendente administrativo de Esporte e Lazer, subordinado à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, em julho de 2021, mas foi exonerado em outubro de 2023, segundo a Prefeitura de Sumaré.

O primeiro suspeito de participação no crime foi preso em Campinas, onde foi localizado um caminhão que possivelmente foi utilizado para transportar os criminosos após o ataque ao carro-forte. Na residência do suspeito, os policiais encontraram um colete à prova de balas e dinheiro, supostamente proveniente do roubo.

Além disso, a polícia encontrou dois carros pretos em uma zona rural de Paulínia, que podem ter sido utilizados no crime. Os veículos possuem insulfilm e um deles apresenta dois buracos redondos no vidro traseiro, possivelmente utilizados pelos criminosos para apoiar armas de grande calibre durante o ataque ao carro-forte.

As investigações continuam em andamento.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também