segunda-feira, 4 março 2024
COMO ELES AGIAM?

Grupo criminoso investia em time da região de Americana e movimentou mais de R$ 50 milhões, diz PF

A Polícia Federal detalhou como os traficantes agiam para “lavar” dinheiro do tráfico de drogas
Por
Henrique Fernandes

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Operação Torre Eiffel da Polícia Federal (PF), deflagrada na manhã desta terça-feira (28), informou que um grupo criminoso “lavava” dinheiro do tráfico de drogas com patrocínio de um time de futebol de Americana e movimentou mais de R$ 50 milhões em transações financeiras.

Segundo a PF, um grande esquema de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que tinha como base o município de Santa Fé do Sul (SP) chegou às seguintes cidades da região: Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Nova Odessa.

Conforme o TodoDia noticiou, a PF com apoio do Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), cumpriu 40 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão temporária e 11 mandados de prisão preventiva. A quadrilha operava por meio de mobiliárias e imobiliárias relacionadas ao tráfico de drogas utilizando contas de empresas adquiridas pelo líder do grupo bem como em contas de “laranjas”.

Dentre as outras formas de “lavar” o dinheiro do tráfico de drogas, foram identificadas movimentações financeiras relacionadas a centros de beleza e estética, hotéis, concessionárias de revenda de veículos, empresas de mototáxis, açougue, supermercado, compra e venda de bens móveis, imóveis, entre eles uma cobertura no litoral, jet-skis, lanchas, joias e veículos de luxo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também