terça-feira, 23 abril 2024
ABANDONO DE INCAPAZ

Mãe de bebê recém-nascido abandonado em igreja é detida em flagrante

Além de ter abandonado o recém-nascido com apenas três dias de vida, a mulher também foi presa por abandono de incapaz de outros dois filhos; a mulher assumiu a autoria do crime
Por
Isabela Braz
Vídeo: Reprodução/Câmeras de Segurança

A Polícia Civil de Campinas deteve nesta terça-feira (16), duas mulheres cubanas – uma de 35 anos, mãe da criança e outra de 22 anos – responsáveis pelo abandono de um recém-nascido de apenas 3 dias no estacionamento ao lado de uma igreja, na Vila Industrial em Campinas, no último domingo (20). As mulheres estavam no Shopping Unimart no momento da prisão.

A mulher, de 35 anos, que estava com outro filho de 4 anos no momento em que foi detida, assumiu ter abandonado o bebê. De acordo com a Polícia Civil, a mulher também alegou que tinha outros dois filhos em casa sozinhos, no Jardim Márcia, sendo uma menina de 11 meses e um menino de 11 anos. A mulher foi presa preventivamente por abandono de incapaz.

A mãe das crianças foi detida após uma denúncia anônima informar que, após ver reportagens sobre o caso teria avistado as duas mulheres da imagem no Shopping Unimart. Imagens gravadas na região captaram o momento em que duas mulheres caminham pela via com uma criança no colo e em seguida deixa a criança no estacionamento e depois indo embora.

Ao se deslocar até o local, as equipes do guarda civil e investigadores do 1º DP de Campinas encontraram as duas mulheres em uma casa de câmbio.

Apesar de ter assumido o abandono do recém-nascido, o motivo do abandono do não foi esclarecido.

Abandono de incapaz

Segundo o boletim de ocorrência, entendendo pela situação de risco imposta às crianças “que são cubanas, não conhecem bem a localidade, e por estarem desacompanhadas de um adulto responsável”. Todas as partes foram apresentadas no Distrito Policial.

O Conselho Tutelar foi acionado para dar suporte às crianças, sendo entregues à conselheira, documentos dos menores – sendo o passaporte e a tarjeta de menor expedido em Cuba.

Devido a esse delito em flagrante, de dois menores deixados sozinho em casa e o hábito de abandono dessas crianças identificados pelos policiais, a prisão foi decretada em flagrante. A mulher foi encaminhada à Cadeia Feminina de Paulínia e aguarda audiência de custódia.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também