sexta-feira, 12 abril 2024

Mãe é presa após agredir bebê de um mês em Sumaré

Mulher é acusada de dar socos na cabeça de recém-nascido no bairro Jardim Santa Eliza  

A mulher acabou detida e encaminhada ao plantão policial (Foto: Rafael Rezende/ TodoDia Imagem)

Uma mulher foi presa após ser flagrada por vizinhos dando socos na cabeça do filho, um bebê de um mês, na noite da última sexta-feira (1°), no Jardim Santa Eliza, em Sumaré. Alterada, ela chegou a ameaçar os policiais.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada via Copom para atender ocorrência de maus-tratos na Rua Francisco Rodrigues. Ao chegar ao local, os policiais fizeram contato com uma vizinha que testemunhou as agressões. Ela estava dentro de sua casa quando ouviu o choro do bebê. Suspeitando de violência, a vizinha saiu da residência e avistou a agressora, mãe do bebê, rasgando o lixo e brigando com o recém-nascido. Ela exigia que a criança parasse de chorar dando socos na cabeça dela.

A vizinhança interveio e a mulher respondeu de forma agressiva que estava “procurando a chupeta” e ameaçou dizendo: “vocês me pagam”.

A testemunha apontou o local onde a agressora estava. Os policiais foram até a casa da acusada e fizeram contato com a mulher. Questionada, ela negou ter batido no filho.

O bebê foi encaminhado para o Centro Integrado de Saúde do Nova Veneza, onde foi confirmada situação de maus-tratos.

A mulher acabou detida e encaminhada ao plantão policial. Após prestar depoimento, foi autuada em flagrante. A criança passou por exames e foi entregue a familiares. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também