sábado, 22 junho 2024
FATALIDADE

Motorista responsável pela morte de Murilo Cabulão deve se apresentar à polícia nesta terça-feira (30)

Jovem de 22 anos não teve identidade divulgada; identificação foi feita por meio da placa do automóvel que dirigia
Por
Renato Pereira
Foto: Wagner Max / TV TODODIA

O advogado Murilo Medrado de Novaes, que representa o motorista do VW/Golf que causou a morte do jovem Murilo de Carvalho Cabulão, de 18 anos, afirmou que o responsável pelo acidente deve se apresentar à polícia nesta terça-feira (30).

Murilo Cabulão teve a bicicleta que conduzia atingida, na madrugada deste domingo (28), na Avenida Santa Bárbara, em Santa Bárbara d’Oeste. Ele chegou a ser levado ao Hospital Municipal Afonso Ramos, mas não resistiu. O motorista fugiu sem prestar socorro.

O advogado esteve no 2º DP (Distrito Policial) de Santa Bárbara d’Oeste, no início da tarde desta segunda-feira (29), comunicando a apresentação do motorista, que tem 22 anos e ainda não teve a identidade divulgada. A Polícia Civil chegou ao motorista por meio de uma das placas do veículo, que se desprendeu do automóvel no momento do acidente.

“Consciente das responsabilidades que este momento impõe, o jovem está plenamente comprometido em colaborar com as autoridades. Ele se apresentará voluntariamente para prestar todos os esclarecimentos necessários e garantir que todos os aspectos deste acidente sejam minuciosamente investigados. A cooperação total é a prioridade dele, refletindo seu respeito pela lei e pelo processo judicial”, diz ainda o advogado, por meio de um comunicado.

“Este acidente, uma triste fatalidade, ocorreu sem qualquer premeditação ou intenção maliciosa. Foi um momento terrível que alterou vidas em questão de segundos e deixou um rastro de luto e desespero. O jovem está devastado pela dor e pelo peso do que aconteceu e ele compreende a magnitude dessa perda para todos os envolvidos”, traz ainda a nota.

“O jovem e sua família estendem suas condolências mais sinceras à família da vítima. Eles compartilham a dor e o luto desta inesperada perda, unidos no sofrimento e no desejo de apoio e compreensão mútua. A dor da perda é imensurável, e é um caminho que eles nunca desejaram percorrer”, completa.

(leia a nota completa abaixo)

O acidente
Murilo Cabulão teve a bicicleta que pilotava atingida por volta das 2h20 de domingo, na Avenida Santa Bárbara, em frente à loja Havan. O motorista fugiu sem prestar socorro. Ele chegou a ser levado ao Pronto-Socorro Afonso Ramos e, em seguida, transferido para o Hospital Santa Bárbara, mas não resistiu e morreu. Após atingir Murilo, o motorista do Golf atingiu ainda um outro veículo, um Chevrolet Corsa, que trafegava pela avenida.

“A segunda vítima foi localizada e relatou que trafegava com seu automóvel quando outro veículo colidiu com a sua traseira, fugindo em seguida”, afirmou a Polícia Civil.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, fuga de local de acidente e homicídio culposo na direção de veículo automotor no plantão policial.

Nota completa:

“Na madrugada de 28 de abril, fomos confrontados com um trágico acidente, um evento doloroso que resultou na perda irreparável de uma vida e impactou profundamente duas famílias. O envolvido, um jovem de apenas 22 anos, conhecido em sua comunidade pelo trabalho diligente e por sua conduta ética e responsável, encontra-se no centro deste evento devastador.

Este acidente, uma triste fatalidade, ocorreu sem qualquer premeditação ou intenção maliciosa. Foi um momento terrível que alterou vidas em questão de segundos e deixou um rastro de luto e desespero. O jovem está devastado pela dor e pelo peso do que aconteceu e ele compreende a magnitude dessa perda para todos os envolvidos.

O jovem e sua família estendem suas condolências mais sinceras à família da vítima. Eles compartilham a dor e o luto desta inesperada perda, unidos no sofrimento e no desejo de apoio e compreensão mútua. A dor da perda é imensurável, e é um caminho que eles nunca desejaram percorrer.

Consciente das responsabilidades que este momento impõe, o jovem está plenamente comprometido em colaborar com as autoridades. Ele se apresentará voluntariamente para prestar todos os esclarecimentos necessários e garantir que todos os aspectos deste acidente sejam minuciosamente investigados. A cooperação total é a prioridade dele, refletindo seu respeito pela lei e pelo processo judicial.

Solicitamos aos meios de comunicação e ao público que abordem este incidente com a sensibilidade que a situação exige. Reconhecer a natureza acidental deste evento é crucial para evitar julgamentos precipitados e comentários que podem intensificar o sofrimento das famílias envolvidas.

Neste período de luto, apelamos por compreensão e respeito à privacidade das famílias. Eles precisam de espaço para processar esta tragédia e lidar com suas consequências em um ambiente de respeito e privacidade. A empatia é essencial enquanto enfrentam este momento extremamente difícil.

Concluímos este comunicado reafirmando o compromisso do jovem com a verdade e a justiça. Pedimos a todos que respeitem o processo de luto e as investigações em curso, unindo-se em apoio e não em julgamento. Agradecemos a todos pela sensibilidade e pelo apoio contínuo durante este período desafiador.”

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também