sexta-feira, 12 abril 2024

PM age e frustra assassinato em ‘tribunal do crime’ em Sumaré

Adolescente seria morto depois de ser agredido por grupo de seis jovens; ele tinha dívidas com o tráfico de drogas  

O agressor foi autuado em flagrante por lesão corporal grave após prestar depoimento no plantão policial (Foto: Rafael Rezende/ TodoDia News)

(Foto: Polícia Militar)

Policiais militares prenderam na noite desta terça-feira (5) um rapaz de 19 anos que agredia, com mais cinco jovens, um adolescente de 17 anos em uma viela do bairro Santa Joana, em Sumaré. A vítima seria morta em um suposto “tribunal do crime”.

Segundo a Polícia Militar, equipes foram acionadas após receberem ligações via 190, informando sobre um homem que estava sendo espancado por um grupo de seis rapazes, sendo dois deles armados. As agressões ocorriam em uma viela que fica dentro de uma mata dando saída para a Rua Marcelo Cavalcante.

As equipes da PM realizaram um cerco no local. Os agressores correram, mas um deles foi alcançado e preso. Os policiais ainda encontraram uma motocicleta Honda CG 160 com chassi raspado.

Ao questionar o adolescente agredido, ele informou que seria morto no local após apanhar. O grupo o agredia com pedaços de paus. O menor estava sendo julgado em um “tribunal do crime” devido a dívidas com o tráfico de drogas.

O menor foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Macarenko com politraumatismos e hematomas por todo o corpo. Ele permanece internado.

Já com passagens pela polícia, o agressor foi autuado em flagrante por lesão corporal grave após prestar depoimento no plantão policial. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também