PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Polícia apreende substância proibida usada em clínica de estética

O acusado transportava dezenas de ampolas de Lipostabil 5ml, que supostamente combate a gordura localizada

Um homem que se identificou como estudante de biomedicina e dono de clínica de estética no Rio de Janeiro foi detido transportando substância proibida, que supostamente combate gordura localizada. A apreensão foi feita em Americana, nesta quarta-feira (20). 

PUBLICIDADE

O acusado transportava dezenas de ampolas de Lipostabil 5ml, substância que supostamente combate a gordura localizada e que é proibida no país pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), desde 2002. 

O suspeito era passageiro de um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu, no Paraná, ao Rio de Janeiro. O ônibus foi parado por policiais rodoviários em uma fiscalização que ocorria no quilômetro 125 da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304). 

PUBLICIDADE

Os produtos ilegais, segundo a polícia, estavam escondidos no vão da janela do banheiro do ônibus e foi preciso usar chaves de fenda e do tipo Philips para desmontar o compartimento onde as ampolas estavam.  

As ferramentas estavam na bagagem do suspeito, onde havia ainda três seringas utilizadas em procedimentos estéticos. Os produtos foram apreendidos na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana, onde foi registrado Boletim de Ocorrência por crime contra a saúde pública e contrabando. O suspeito foi liberado e responderá pelas acusações na Justiça. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This