sábado, 20 julho 2024
CRIME AMBIENTAL

Polícia descobre fábrica de balões e homem é multado em R$ 30 mil

Balão e materiais foram apreendidos pela Polícia Ambiental na manhã desta terça-feira (9), em Campinas
Por
Henrique Fernandes

A Polícia Ambiental flagrou um homem que mantinha uma fábrica clandestina de confecção de balões, na manhã desta terça-feira (9), no bairro Nova Vila Maria Eugênia, em Campinas.

Ele foi multado em R$ 30 mil pelo crime de fabricação de balões e vai responder na Justiça por crime ambiental. A Polícia Ambiental recebeu denúncias de que o homem fabricava balões e soltava.

O suspeito negou a prática dos crimes. Na casa do investigado, a Polícia informou que encontrou um balão e outros materiais utilizados na fabricação dos artefatos. Todo o material foi encaminhado à Polícia Civil de Campinas que vai apurar os fatos.

Fabricar, vender, transportar e soltar balões também é crime previsto no artigo 42 da Lei nº 9.605/98, dos crimes contra a flora: “fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”. A pena é de prisão de 1 a 3 anos ou multa. Podem ser as duas punições ao mesmo tempo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também