quinta-feira, 29 fevereiro 2024

Polícia Federal deflagra operação em Sumaré e Hortolândia contra mega-assalto a bancos

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca, três mandados de prisão, além de dois mandados de identificação criminal

Os policiais federais, apoiados pela Polícia Militar (ROTA), cumprem quatro mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária nas cidades de Hortolândia, Sumaré e São Paulo (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou nesta terça feira (22) mais uma fase da operação destinada à investigação do mega-assalto a bancos ocorrido em Araçatuba (SP) no início da madrugada de 30 de agosto do ano passado. Mandados foram cumpridos em Sumaré e Hortolândia.

Naquela ocasião, um grupo criminoso, utilizando armas de uso restrito (fuzil calibre .50, fuzil calibre 5,56, fuzil calibre 7.62, espingardas, pistolas e revólveres), drones e sofisticado material bélico, arrombou os cofres das agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, causando destruição e temor na população.

Os policiais federais, apoiados pela Polícia Militar (ROTA), cumprem quatro mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária nas cidades de Hortolândia, Sumaré e São Paulo, além de dois mandados de identificação criminal. Um dos mandados de prisão não foi cumprido e o investigado está sendo procurado, sendo considerado foragido da Justiça a partir de hoje.

Um dos indivíduos presos nesta terça-feira integrava o núcleo central da organização criminosa e atuou diretamente no roubo, sendo o responsável por operar o maçarico utilizado não só para romper os obstáculos até a sala cofre, mas também os próprios cofres.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Araçatuba.

A Polícia Federal informou que segue atuando para a responsabilização dos autores do roubo e já identificou e prendeu a maior parte dos integrantes da organização criminosa.

Com o desencadeamento da ação de hoje, a PF chega ao número de 37 investigados presos e 84 mandados de busca e apreensão cumpridos. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também