sábado, 20 abril 2024
GOLPE

Polícia Federal investiga golpes de distribuição de cestas de alimentos

Golpistas usam indevidamente nomes de autoridades para cobrar taxas, em busca da liberação de cestas de alimentos em nome da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento)
Por
João Victor Viana
Foto: Divulgação / Polícia Federal

Em informação divulgada nessa sexta-feira (23), a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) tomou conhecimento da abertura de inquérito, feita pela Polícia Federal, para a investigação das denúncias da companhia sobre um golpe envolvendo a distribuição de cestas e alimentos.

A nova fraude suspeita consiste em golpistas que usam indevidamente nomes de autoridades para cobrar taxas, de prefeituras e entidades assistenciais, para liberar cestas de alimentos em nome da Conab. Além disso, costumam solicitar dados pessoais do prefeito ou de outros agentes públicos locais.

O diretor-presidente da companhia brasileira, Edegar Pretto, alertar que “se tiverem algum documento suspeito em nome da Conab, antes de qualquer movimento, façam contato com as superintendências regionais e nos ajudem a combater esse crime que estão cometendo em nome da Conab”, afirmou ele.

A Conab reforça que os comunicados sobre suas ações são feitos pelos canais oficiais. E qualquer tentativa de golpe deve ser imediatamente denunciada às autoridades competentes.

A Companhia não cobra taxas para doação de cestas de alimentos nem para transporte do material, que é feito por caminhões próprios ou em parceria com órgãos federais, estaduais e municipais.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também