terça-feira, 18 junho 2024
Tráfico Internacional

Receita Federal intercepta 561 kg de cocaína no Porto de Santos  

A droga estava cuidadosamente oculta em um carregamento de bobinas de papel
Por
Redação

Na manhã dessa sexta-feira (23) a Receita Federal frustrou a tentativa de envio ao exterior de 561 kg de cocaína através do Porto de Santos. 

A droga, escondida em um carregamento de bobinas de papel, foi interceptada durante a execução de trabalhos de rotina de vigilância e repressão aduaneiras realizados por equipes da Alfândega de Santos. 

A forma cuidadosa de ocultação da droga fez com que todo o carregamento de 25 toneladas de papel fosse inutilizado. O destino da carga seria o porto de Antuérpia, na Bélgica. 

Seleção de cargas pela Receita Federal 

Para a seleção de cargas, são utilizados critérios objetivos de gerenciamento e análise de risco, bem como a inspeção por imagens de escâner. Esse trabalho busca garantir a agilidade das operações do comércio exterior e, ao mesmo tempo, coibir a prática de ilícitos aduaneiros no complexo portuário santista. Outra ferramenta importante é a participação de cães farejadores da Receita Federal. Durante a operação, o cão de faro da Alfândega de Santos sinalizou positivamente para a presença de drogas. 

Perícia e investigação a ser conduzida em inquérito policial 

Após a confirmação da contaminação, a Polícia Federal foi acionada para os procedimentos de polícia judiciária da União e para realizar a perícia no local dos fatos, a fim de subsidiar a investigação a ser conduzida em inquérito policial. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também